Devoção a Virgem dos Pobres: milhares de devotos rezam, cantam e agradecem graças alcançadas em Lagoa Seca

Uma verdadeira multidão participou, na tarde desde domingo (16), da tradicional Missa da Virgem dos Pobres, que acontece sempre no segundo domingo de outubro, na cidade de Lagoa Seca, no Agreste paraibano. O pátio da Gruta da Virgem dos Pobres, na entrada para o Convento Ipuarana ficou pequeno diante da multidão que se fez presente para render graças à santa padroeira dos pobres.

A Santa Missa foi concelebrada às 17h00, pelo Frei Francisco, OFM, para multidão que rezou, cantou e aplaudiu com muito entusiasmo a Virgem dos Pobres. Antes, ocorreu a reza do terço na capela do Convento Ipuarana. Em seguida, aconteceu a procissão, com a imagem da santa, que seguiu até a gruta, local onde os devotos, a cada dia, rezam, agradecem e fazem suas promessas.

Fabio Ramalho participa da festa

Dentre os muitos devotos da Virgem dos Pobres que compareceu ao evento religioso para agradecer as graças recebidas estava o novo prefeito eleito de Lagoa Seca, Fábio Ramalho da Silva (PSDB), que participou da tradicional procissão e missa da Virgem dos Pobres. Ele estava acompanhado da esposa, Silvia Barros, e do filho, Miguel Barros Ramalho, de apenas 6 anos. Fábio Ramalho, que tomará posse em janeiro próximo, fez questão de destacar a importância da festa religiosa para a cidade. 

"Participo da Missa da Virgem dos Pobres todos os anos e em 2016, ela acontece em minha vida de forma muito especial. A Deus, por meio da Virgem dos Pobres, estamos aqui para agradecer ao nosso Pai pelas infinitas e grandes bênçãos recebidas ao longo deste ano, cujo coroamento se deu com a nossa eleição para prefeito de nosso município. Está sendo também um momento de reencontro com as famílias lagoasequenses”, disse.

Histórico

A devoção à Virgem dos Pobres foi trazida para o Brasil por Frei Pascoal Becker, que era da Alemanha e estava em nosso País a serviço da Ordem Franciscana. Em 1958, a réplica imagem saiu de Banneux, na Bélgica, com destino a Lagoa Seca, primeira cidade do Brasil a receber a imagem da santa.

A exemplo de algumas cidades da Alemanha, também em Lagoa Seca foi construída uma gruta para abrigar a imagem da santa, próximo da BR-104 Norte, bem na entrada do Convento Ipuarana. Ela foi inaugurada no 19 de outubro de 1958, com novena, oração do terço  e missa. Logo, a devoção à santa passou a se espalhar por católicos da cidade e de outros municípios da região. No local, onde a gruta foi construída, missas, orações do terço, recitações de jaculatórias e novenas são realizadas semanalmente. Com freqüência, devotos são vistos no local para fazer as suas orações e acender velas em agradecimento pelas graças alcançadas.

Aparições

Em 1933, Banneux, uma pequena aldeia da Bélgica, recebeu a aparição da Virgem dos Pobres. Ela foi revelada oito vezes a menina Marieta, que tinha doze anos de idade e pertencia a uma família muito pobre. A imagem aparecia à menina e pedia a ela orações.

Certo dia, em uma das aparições, Marieta perguntou: Quem sois vós, bela Senhora? E ela respondeu: Eu sou a Vigem dos Pobres! Nove anos após as aparições, em 22 de agosto de 1949, Roma reconheceu a veracidade das aparições da Virgem de Banneux.

Da redação

0 comentários: