Eleições 2016: Fábio Ramalho fala da importância da Independência do Brasil e promete resgar e promover os principais eventos da cidade

O tradicional desfile alusivo ao Dia da Independência do Brasil, celebrado nesta quarta-feira, 07 de setembro, mais uma vez não foi promovido pela Prefeitura Municipal de Lagoa Seca, no Agreste paraibano, que alega dificuldades financeiras. Em anos anteriores o evento cívico era comemorado por toda comunidade, que saia às ruas para acompanhar a participação das escolas e outras entidades da cidade que participavam da solenidade festiva.

O candidato a prefeito de Lagoa Seca, Fábio Ramalho (PSDB), da Coligação Esperança De Um Novo Tempo lamenta que a data passe em branco este ano. Ao mesmo tempo promete resgatar e promover os principais eventos da cidade, como o desfile cívico de dia 07 de setembro, que sempre foi comemorado com muito entusiasmo e participação popular no município.

Segundo Fábio Ramalho, a independência do Brasil é um dos fatos históricos mais importantes do país, pois marca o fim do domínio colonial e oligárquico português e a conquista da autonomia política. “Essa data é de fundamental importância para que a população de Lagoa Seca faça uma reflexão do modelo atual aplicado pela gestão municipal com o projeto apresentado pelas oposições”, disse.

Muitas tentativas anteriores ocorreram e muitas pessoas morreram na luta por este ideal de independência do Brasil. Podemos citar o caso mais conhecido: Tiradentes. Segundo Ramalho, esta é uma data muito importante para todos os brasileiros. "É um sentimento que em 1822 foi muito oportuno e que hoje temos a responsabilidade da Independência do nosso País. Todos nós temos que ter essa atitude de civismo e ao mesmo tempo, o compromisso de cuidar da nossa pátria. Cada um tem uma maneira de se expressar e de agir em relação a esses eventos, mas todos temos a responsabilidade de analisar as melhores propostas para o futuro da nossa cidade, do nosso estado e do nosso País", conta.

Para Fábio Ramalho, é muito importante preservar essa tradição; cultura cívica que passa de geração em geração. "Nossa gestão sempre contará com homenagens expressivas e o povo de Lagoa Seca está ansioso, de forma corajosa, para dar seu grito de independência, o qual será expressado livremente nas urnas no dia 02 de outubro, se Deus quiser”, completou.

Da redação,
com assessoria

0 comentários: