Eleições 2016: Justiça Eleitoral reúne representantes de coligações e de emissoras de rádio de Lagoa Seca para definir plano de mídia do guia eleitoral, que terá início dia 26

A juíza da 71ª zona eleitoral, Érika Tatiana, realizou na manhã desta quinta-feira (18), na sala de audiência do Fórum Eleitoral de Campina Grande,  reunião para elaboração do plano de mídia, definição por sorteio da ordem no horário eleitoral gratuito, entre outras providências. Estiveram presentes representantes das coligações e das emissoras de rádio com sede em Lagoa Seca. 

A Rádio Ypuarana FM estava representada pelo jornalista Hélder Loureiro, diretor-presidente da emissora. Pela 102 FM (Rádio Correio/Rede Fé) estava a gerente do Sistema Correio de Comunicação para o Compartimento da Borborema, Noemi Cavalcanti Leão. Representando a coligação 'Esperança De Um Novo Tempo', estava Iankel Lucena e pela coligação 'Pelo Bem De Lagoa Seca', João Alípio Torres.

Conforme entendimento entre os representantes das emissoras, a geração e transmissão do guia eleitoral será dividida entre as radios Ypuarana FM e 102 FM (Rádio Correio/Rede Fé). A emissora comunitária fará a geração do dia 26 de agosto a 11 de setembro. A comercial fará a geração do dia 12 a 29 de setembro. As transmissões do guia eleitoral serão transmitidas simultaneamente entre as duas emissoras da cidade, a partir das  07h da manhã, com duração média de 05 minutos, em dias alternados para cada coligação. 

A coligação 'Pelo Bem De Lagoa Seca' do candidato a prefeito Diego do Veleiro (PMDB) abrirá o guia eleitoral no dia 26, e terá o maior tempo no rádio, com 05 minutos e 13 segundos. Já a coligação 'Esperança De Um Novo Tempo' do também candidato a prefeito Fábio Ramalho (PSDB) terá o tempo de 04 minutos e 46 segundos.

O tempo no guia eleitoral dos candidatos a vereadores, por coligação, ficou assim distribuído: coligação 'Pelo Bem De Lagoa Seca', 13 minutos e 57 segundos. Coligação 'Esperança De Um Novo Tempo ­1', 05 minutos e 38 segundos; coligação 'Esperança De Um Novo Tempo 2', 08 minutos e 23 segundos. As inserções acontecerão ao longo da programação das emissoras.   

A reforma eleitoral reduziu o período de propaganda dos candidatos no rádio de 45 para 35 dias. Além dos blocos, os partidos terão direito a 70 minutos diários em inserções, que serão distribuídos entre os candidatos a prefeito (60%) e vereadores (40%).

Com a reforma, ficou definido que o total do tempo de propaganda foi distribuído 90% proporcionalmente ao número de representantes que os partidos tenham na Câmara Federal e 10% dividido igualmente entre todas as legenda.

Da redação

0 comentários: