Eleições 2016: Fábio Ramalho e Dalva Lucena protocolam registro de candidaturas para as eleições municipais de Lagoa Seca

O ex-vereador e empresário Fábio Ramalho (PSDB) compareceu, na manhã desta segunda-feira (15), junto ao Cartório da 71º Zona Eleitoral, com sede em Campina Grande, para oficializar seu nome como candidato a prefeito de Lagoa Seca pela coligação "Esperança De Um Novo Tempo". A ex-primeira dama Dalva Lucena (PSD) também teve seu nome registrado como candidata a vice-prefeita. A coligação registrou mais de 20 candidatos a vereadores. Na ocasião, o plano de governo do candidato tucano foi registrado.

Para o prefeitável Fábio Ramalho, o ato marca o início de uma caminhada pela retomada da moralidade pública, da gestão com eficiência e colaborativa. "Nossa campanha, pela legislação eleitoral começa, de fato, nesta terça-feira. A partir de agora vamos colocar nossa militância nas ruas, ir em busca do voto, apresentar nosso plano de governo para uma cidade melhor. É muito importante mostrar para sociedade lagoasequense que não viemos de maneira personalista e sim construindo uma proposta para realmente fazer a mudança que nosso município precisa", afirmou.

Para Dalva Lucena, o plano de governo a ser apresentado à população de Lagoa Seca consiste em propostas viáveis, projetos realizáveis que pautarão a nova gestão da prefeitura, de forma humanizada, inteligente e sustentável. "Tudo que vamos propor são projetos consistentes, que já foram estudados de maneira exaustiva para que possamos fazer um trabalho que rompa com a velha forma de oferecer apenas promessas e decepcionar a população. Nós não trabalhamos com promessas, trabalhamos com projetos", disse.

Propaganda Eleitoral

A partir desta terça-feira (16), a propaganda eleitoral para o pleito de outubro passa a ser permitida na internet e nas ruas. De acordo com a Lei Eleitoral, os candidatos podem participar de carreatas, distribuir panfletos e usar carros de som de 08h00 às 22h00. Também estão permitidos comícios das 08h00 às 24h00.

A propaganda eleitoral no rádio e na televisão deve começar no dia 26 de agosto. A reforma eleitoral aprovada no ano passado reduziu de 90 para 45 dias o período de campanha.

Da redação,
com assessoria

0 comentários: