PT da Paraíba proíbe coligação com partidos que apoiam impeachment. Em Lagoa Seca sigla fica proibida de se coligar com o PMDB, do pré-candidato Diego do Veleiro

A executiva estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) na Paraíba aprovou, no último dia 18 de julho, uma resolução que desautoriza as alianças do PT no estado com os partidos que apoiam o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. De acordo com a presidente do partido na Paraíba, Giucélia Figueiredo, a resolução foi aprovada por unanimidade durante uma reunião na sede do partido em João Pessoa. Segundo o documento, estão vetadas as coligações com o PSDB, DEM, PPS, Solidariedade, PMDB, PP, PTB, PSC, PSD e PRB nas eleições municipais de 2016.

Segundo Giucélia, a resolução foi encaminhada para os diretórios municipais, que devem seguir a decisão. “O município que insistir em fazer aliança com estes partidos que estão desautorizados deve sofrer as sanções previstas no estatuto e regulamento do partido”, alertou.

A resolução também orienta aos diretórios e comissões provisórias que busquem apoio e alianças dentro do campo programático que prioriza os partidos do “Campo Democrático e Popular”, que, de acordo com o documento, são o PDT, PSB e PC do B, além de outros que não apoiam o impeachment da presidente afastada.

A decisão desautoriza, previamente, o provável apoio do diretório municipal do PT ao vereador Diego do Veleiro, cujo nome será homologado candidato a prefeito de Lagoa Seca pelo PMDB, no dia 05 de agosto. Nossa reportagem tentou contato com o presidente municipal do PT, Diógenes Fernandes, para saber se o diretório local acatará a decisão da executiva estadual, mas, até fecharmos a matéria, não obtivemos êxito.

Leia, a Resolução Política do PT da Paraíba, na íntegra: 

O Diretório Estadual do PT da PB, reunido em 11 de Junho do corrente ano, encaminhou a esta Executiva Estadual a análise final do quadro político-eleitoral dos municípios e a construção da melhor tática para o partido nas eleições 2016 em cada cidade, sintonizado com a atual conjuntura política nacional e com as deliberações de nossas instâncias superiores;

O Diretório Estadual do PT da PB determinou, também a não realização de alianças nos municípios de nosso Estado com PSDB, DEM, PPS e Solidariedade nas eleições 2016;

Ainda, que o apoio do PT a candidatos do PMDB deverão ser analisados por esta Executiva Estadual;

DESTA FORMA A EXECUTIVA ESTADUAL do PT PB, REUNIDA NESTA DATA, RESOLVE:

1 - DESAUTORIZAR previamente o provável apoio do PT as candidaturas do PSDB, DEM, PPS E SD nas seguintes cidades: AREIAL, CAMALAÚ, CONCEIÇÃO, PIANCÓ, RIACHÃO DO POÇO, SÃO BENTO, SÃO MAMEDE, SÃO SEBASTIÃO DO UMBUZEIRO, JUAREZ TAVORA e RIACHÃO DO BACAMARTE e em qualquer outro Diretório ou Comissão provisória que por ventura esteja construindo tal aliança;

2 - Da mesma forma, DESAUTORIZAR previamente o provável apoio do PT as candidaturas do PMDB nas seguintes cidades: ALHANDRA, CAPIM, CARRAPATEIRA, CABEDELO, LAGOA SECA, GURINHÉM, LIVRAMENTO, PEDRAS DE FOGO, PILÕESZINHO, SÃO JOSÉ DOS RAMOS, PASSAGEM, SOUSA e TEIXEIRA e em qualquer outro Diretório ou Comissão provisória que também, por ventura, esteja construindo tal aliança;

3 - Ainda, DESAUTORIZAR previamente o provável apoio do PT a candidatos dos partidos signatários ao golpe em curso contra a democracia brasileira. O PT não apoiará candidatos a Prefeito do PP de Aguinaldo Ribeiro, do PTB de Roberto Jeferson e Wilson Santiago Filho, do PSC de Jair Bolsonaro e da Família Gadelha, do PSD de Gilberto Kassab e Luciano Cartaxo e do PRB de Celso Russomano e do Pastor Jutaí;

4 - ORIENTAR que estes Diretórios e Comissões Provisórias busquem construir através dos Encontros Municipais com os filiados, apoios e alianças dentro do nosso campo programático que prioriza os partidos do chamado Campo Democrático e Popular (PDT, PSB, PC do B), bem como os que não apoiaram o Golpe contra a Presidenta Dilma Roussef;

5 - O não cumprimento desta determinação por parte das instâncias municipais implicará nas sanções previstas em nosso Estatuto e Regulamentos do partido.

João Pessoa, PB, 18 de Julho de 2016.

EXECUTIVA ESTADUAL DO PT PB

Com redação

0 comentários: