I Encontrão da Juventude Camponesa reunirá 150 jovens rurais do Polo da Borborema em Campina Grande. Jovens agricultores de Lagoa Seca participarão do evento

Vários jovens agricultores do município de Lagoa Seca, Agreste da Paraíba, participarão do “I Encontrão da Juventude Camponesa”.  O evento, que tem início nesta sexta-feita (17) e segue até o próximo domingo (19), acontece no Hotel Fazenda Day Camp, no Sítio Lucas em Campina Grande. O encontro é promovido pela Comissão de Jovens do Polo da Borborema, que é uma articulação de 14 sindicatos rurais da região da Borborema, formada por filhos e filhas de famílias agricultoras integrantes da dinâmica de trabalho do Polo da Borborema.

Estarão presentes mais de 150 jovens dos 14 municípios onde o Polo da Borborema atua. Do município de Lagoa Seca participarão 9 jovens agricultores. 

Segundo Márcia Araújo dos Santos, coordenadora da Comissão de Juventude do Sindicato dos Trabalhadores de Lagoa Seca, o encontro tem como objetivos fortalecer a rede de jovens agricultores-experimentadores da região, incentivar a experimentação e a auto-organização da juventude camponesa e ainda fortalecer a identidade dos jovens do campo. 

A programação terá início logo mais às 14h da sexta-feira, com uma mística sobre o tema: “Valorização do Jovem na Agricultura Familiar e de seu conhecimento”. Em seguida haverá a mesa constituída integralmente pelos jovens, intitulada “Juventude do Polo da Borborema”. Na ocasião, serão apresentados os principais resultados do Diagnóstico da Juventude Rural, organizados em três grandes temas: educação formal, acesso a recursos naturais (terra, água, sementes) e os aspectos culturais que determinam a vida desses jovens. O diagnóstico participativo vem sendo realizado desde 2015 e é uma ação que pretender apontar quais os desafios e estratégias da juventude rural da Borborema no tocante às questões como sucessão rural, educação no campo, geração de renda, violência entre outras. Na parte da noite, a partir das 20h, haverá três oficinas culturais: Quadrilha junina do Polo, Musicalidade e Cinema.

O segundo dia de evento, sábado, será dedicado às oficinas temáticas simultâneas: 1: Apicultura e meliponicultura; 2: Manejo alimentar dos animais – fenação; 3: Produção de calda e biofertilizante e 4: Sistema simplificado de irrigação. E no terceiro dia do encontro, será realizada uma mesa de debate sobre o Papel da Mídia na Conjuntura atual. Em seguida, serão levantados os aprendizados do evento e os encaminhamentos para a Comissão. A programação ainda reserva alguns momentos culturais e recreativos para os jovens com direito a uso da piscina, festa junina e campeonato de futebol.

O Encontro é um momento preparatório para dois grandes eventos: a “I Feira Agroecológica e Cultural da Juventude Camponesa”, agendada para o dia 30 de junho de 2016 em Massaranduba e a “I Marcha da Juventude Camponesa na Luta pela Agroecologia”, que acontecerá no município de Remígio, no dia 28 de julho de 2016 e reunirá cerca de mil jovens nas ruas. O II Encontrão da Juventude do Polo da Borborema está marcado para acontecer entre os dias 15 e 17 de julho.

Com assessoria

0 comentários: