Eleições 2016: ao demonstrar força e unidade, oposição de Lagoa Seca lança chapa com Fábio Ramalho-Dalva Lucena e apoio de vários partidos

Ao destacar a crise política e econômica em que passa o Brasil, assim como o descaso e o desgoverno em que se encontra o município, os oradores que sucederam em suas falas no 'Encontro das Oposições', na tarde deste domingo, 15, no Salão de Eventos do Anacleto (Flávio do Supermercado), serviram como plataforma para lançar, oficialmente, as pré-candidaturas de Fábio Ramalho e Dalva Lucena, respectivamente, candidatos a prefeito e vice de Lagoa Seca, município localizado na região metropolitana de Campina Grande, Agreste da Paraíba. Mais de 700 pessoas prestigiaram o evento político.

Em clima de grande festa política, moradores da cidade, estudantes, profissionais liberais, lideranças comunitárias e políticas prestigiaram o lançamento da chapa, que parte na frente - em definição e mobilização - demonstrando força em sua articulação e construção política, quando consegue reunir mais de nove partidos, que aglutinados, pensam a partir de agora as estratégias para o embate nas urnas, que se dará no dia 03 de outubro de 2016.

O evento político, bastante prestigiado, contou com a presença, à nivel estadual, dos deputados federais Rômulo Gouveia (PSD) e Pedro Cunha Lima (PSDB), que representou, na ocasião, o seu pai, senador Cássio Cunha Lima (PSDB). Outra presença ilustre foi a do deputado estadual Manoel Ludgério (PSD), aliado de primeira linha do grupo político liderado pelo ex-prefeito Edvardo Herculano de Lima (PSDB).

Vários pré-candidatos a vereadores também participaram do evento político. Anunciado como um reforço importante no apoio à chapa oposicionista - quem esteve presente ao encontro foi o atual presidente do Poder Legislativo de Lagoa Seca, Ednaldo Araújo (PDT), quando anunciou que não será mais candidato à reeleição e ratificou seu apoio à chapa tucana. 

Até poucos dias, ao surpreender a todos num pronunciamento na Câmara de Vereadores, na convenção do PMDB, com a presença do deputado federal Veneziano Vital, Pessoa havia dito que os líderes partidários locais deveriam por fim as picuinhas e arrematou: "temos condições de fazer novamente o prefeito de Lagoa Seca", numa referência à unidade do grupo do prefeito José Tadeu (PSB), dando sinal de que estaria apoiando o candidato do atual gestor. O tempo passou e o parlamentar, com sua decisão, surpreendeu a todos, em especial, parte dos integrantes do seu partido, o PDT, que foram pegos de surpresa. 

Da redação


0 comentários: