Eleições 2016: PSB poderá ter candidatura própria em Lagoa Seca. Bola Coutinho concede entrevista nesta tarde a imprensa local

Uma parte dos integrantes do diretório do PSB em Lagoa Seca esteve reunido na noite desta segunda-feira, 23, para discutir sobre a situação do partido, se optam por candidatura própria ou se apoiam o nome do PMDB. O partido já esteve reunido em dois momentos, desde o anúncio da desistência da candidatura a prefeita de Joelma Rocha, cujo nome já vinha sendo construído pelo partido para disputar o pleito municipal nas eleições de outubro.

No encontro de ontem, houve duas posições divergentes e o partido segue dividido: a primeira que defende apoio ao projeto encabeçado por Diego, com a vaga de vice do PSB. A segunda posição, por candidatura própria, conforme orientação da direção estadual.

Nos bastidores, como a tendência da maioria é por candidatura própria, o PSB já trabalha com a possibilidade de lançar o atual vereador Nelson Anacleto ou o presidente municipal da legenda, Geovaneto Vilar. Por outro lado, o vereador Edvaldo Bode já trabalha e apoia o nome de Diego do Veleiro (PMDB). Diante desse quadro, a quebra de braço é grande dentro do partido e os caciques não se entendem, defendendo posições diferentes.

Ao longo dessa semana mais uma rodada de conversações deverão acontecer, para uma tomada de decisão em definitivo. Paralelamente, serão feitos diálogos com a direção estadual, informou Nelson Anacleto.

Diante das declarações do governador Ricardo Coutinho na semana passada dando o tom da campanha nos municípios, de que o "PSB não sobe em palanque do PMDB na Paraíba", parece que os socialistas locais entenderam o recado do chefe e agora partem pra cima do PMDB". O certo é que não há tempo para chove e não molha', sendo assim, o PSB tem cartuxo para, se preferir, lançar candidato a prefeito nas eleições desse ano em nosso município, declarou Geovaneto.

Só lembrando que, na entrevista da última quarta-feira (18) em Campina Grande, o governador Ricardo criticou os rumos do PMDB, se referindo a uma possível aliança com o PMDB à nível de estado, tendo em vista o pleito municipal desse ano. Ele lembrou que "deu espaços para o partido no governo socialista, mas que o PSB vai começar a jogar a partir desse instante".

Caso o PSB decida por candidatura própria, naturalmente que o partido buscará construir um leque de alianças no município que venha a fortalecer o nome a ser indicado. Nesse caso, não está descartada a possibilidade de uma composição com o PT do B, do ex-prefeito Francisco José de Oliveira Coutinho (Bola Coutinho), pré-candidato a prefeito de Lagoa Seca, sob as bênçãos do deputado Adriano Galdino (PSB), presidente da Assembleia Legislativa e pré-candidato a prefeito de Campina Grande e do também deputado Inácio Falcão, presidente estadual do PT do B, ambos da base de apoio do governador Ricardo Coutinho.

Na tarde de hoje, o ex-prefeito Bola Coutinho concederá sua primeira entrevista após ter tido seus diretos políticos restabelecidos pela justiça eleitoral. Ele promete revelar todos os bastidores da política da cidade e confirmar se vai mesmo encarar o próximo pleito como candidato a prefeito.

A conversa acontece a partir das 14h30, com transmissão ao vivo, através da internet na fanpage do jornalista Márcio Rangel. Bola Coutinho promete trazer à tona alguns motivos que o fizeram permanecer em silêncio, desde quando rompeu os laços políticos com o atual prefeito José Tadeu (PSB).

Da redação

0 comentários: