Em Lagoa Seca: aposentada é internada no hospital municipal com suspeita de H1N1

Uma aposentada de 64 anos, moradora da comunidade de Alvinho, zona rural de Lagoa Seca, no Agreste do estado, está internada no hospital público da cidade com suspeita de está infectada com o vírus H1N1.

A confirmação foi feita pela direção da unidade de saúde, que explicou que todas já as precauções estão sendo tomadas. “A paciente está isolada e recebendo cuidados médicos. Os profissionais da unidade também estão trabalhando com máscaras e sempre garantindo a higienização do ambiente” afirmou Luana Correia.


A paciente deu entrada no hospital na última segunda-feira. Seu quadro clínico é estável e agora, a unidade trabalha agora para transferir a paciente para outra unidade que tenha estrutura para garantir o tratamento. “Estamos tentando transferir à paciente, mas até agora, não encontramos vagas em nenhuma unidade de saúde de Campina Grande. Vamos trabalhar para encaminhá-la para João Pessoa” completou Luana.

Com redação

0 comentários: