Com apoio da UEPB: finalizadas gravações em Lagoa Seca do segundo episódio do filme Roni Estone - O detetive do Agreste

Foram encerradas esta semana as gravações do segundo episódio do filme “Roni Estone: o detetive do Agreste”. O filme apoiado pelo Ponto de Cultura e Rádio Ypuarana, bem como pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) e da Pró-Reitoria de Cultura (PROCULT), apresenta nessa nova produção alguns fatos pitorescos que movimentaram toda a cidade de Lagoa Seca, no Agreste paraibano.

O segundo episódio, com duração de 40 minutos, tem como título “A febre do hambúrguer”. As gravações aconteceram entre os dias 6 e 9 de novembro nas cidades de Lagoa Seca e Campina Grande. Cerca de 30 pessoas, entre atores, diretores, produtores e técnicos atuam no filme que, agora, entra em fase de edição, finalização e pós-produção, para posteriormente acontecer o pré-lançamento.

“A febre do hambúrguer” conta a história de uma misteriosa fábrica de sanduíches que se instala na cidade de Lagoa Seca, no interior paraibano. Conforme destaca o roteirista Luzildo Queiroz, o consumo excessivo dos hambúrgueres por parte da população chamou a atenção do prefeito do município, que resolveu acionar o detetive Roni Estone. A missão do detetive nesse novo episódio é descobrir a origem da fábrica e os ingredientes usados no produto, que provocam esquecimento nas pessoas.

O gerente da fábrica, Guilherme, papel interpretado pelo professor e pró-reitor de Extensão da UEPB, José Pereira, procura despistar o detetive e atrapalhar as investigações. Apenas ele e o dono da fábrica podem desvendar o mistério. “A febre do hambúrguer” reúne apenas dois atores que atuaram no elenco do primeiro episódio da série, “O mistério caso da bolsa”, que estreou no dia 25 de julho. O ator principal Luzildo Queiroz, que interpreta o protagonista Roni Estone, e Adriano Ezequiel, que interpreta Ezequiel, atuaram nos dois episódios. O elenco traz algumas novidades em relação ao primeiro filme, a exemplo da atriz cearense Raquel Rolim e o ator paraibano Fábio Campos. Fábio já teve participação em alguns programas do SBT.

O elenco de “A febre do hambúrguer” é formado por Luzildo Queiroz, Adriano Ezequiel, Erinaldo Sousa, Silvana Araújo, Fábio Campos, Kleber Ferreira, José Pereira, Damião Toledo, Joel Queiroz, Hermano Junior, Raquel Rolim e Rosângela Paulino. O filme tem a direção de Silvio Toledo; criação e roteiro de Luzildo Queiroz; e produção de Hipólito Lucena, Ponto de Cultura Ypuarana e Rádio Ypuarana FM, STAIRS Graphics & Games e Luzildo Queiroz. Participam ainda do projeto Jonatas Santos, na direção de Fotografia; Inêlda de Cristo, na direção de arte; além de Wallison Darisvan, responsável pela montagem e edição.

“Roni Estone: o detetive do Agreste” apresenta peculiaridades da região nordestina e integra um seriado de TV, explorando o gênero de comédia. O roteiro narra histórias de um detetive atrapalhado e as situações engraçadas que acontecem enquanto ele trabalha na solução dos casos. As gravações do terceiro episódio, “O padre sem cabeça”, devem começar no próximo mês. A intenção da equipe é realizar, ao todo, 10 episódios.

Com assessoria

0 comentários: