Casal de agricultores cria sistema de reutilização de água em Lagoa Seca

Com a crise no abastecimento de água em várias cidades da Paraíba, um casal, residente no sítio Campinote, zona rural de Lagoa Seca teve uma ideia para reaproveitar a água. Seu Jorge e Dona Marineide são agricultores e construíram duas cisternas. Uma com capacidade para 20 mil litros e outra com 16 mil litros.

Sempre que chove, a água da chuva cai no telhado e, por meio de uma rede de calhas, vai até às cisternas.

“O pessoal aqui só quer esperar a água que vem do açude de Boqueirão. Eu acho que só Boqueirão não vai resolver. Eu acho que cada pessoa tem que fazer por onde melhorar o mundo, principalmente sobre a água”, falou Jorge Araújo.

Além das cisternas, o casal também criou um sistema de reutilização da água. A água que desce pela pia vai para um balde enterrado no chão, que contém uma divisória. Depois disto, o líquido segue por um cano até outro balde, esse com terra, brita e carvão, para filtrar as impurezas. A água que fica armazenada é reutilizada para regar a horta e para a descarga do banheiro.

Dona Marineide explicou o principal motivo que os fizeram construir as cisternas e o sistema de reutilização da água.

“Até o mês de agosto chove, mas a partir de agosto é sol. Por isso, tem que utilizar a água com todo cuidado”, finalizou.

Com redação

0 comentários: