Estudantes da zona rural de Lagoa Seca participam de capacitação em tratamento de água

Na próxima sexta-feira, 12, trinta estudantes da zona rural do município de Lagoa Seca, no Agreste do estado, estarão participando de um curso de capacitação em Tecnologias Alternativas para Tratamento de Água para o Consumo Humano.

A ação será realizada pelo Projeto Rio Mamanguape – Fase II que já vem atuando no município há mais de 10 anos, a partir do patrocínio da Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental.

Durante a atividade, os alunos terão a oportunidade de conhecer tecnologias alternativas para o tratamento de água e, assim, poderão também multiplicar essas experiências e ensinamentos nas comunidades.

Todo o curso será ministrado pelo professor Daniel Oliveira dos Santos que é técnico da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

A atividade acontecerá no auditório da Escola Municipal Irmão Damião Clemente, que está instalada no bairro Monte Alegre, as margens da BR-104.

A ideia, que já foi desenvolvida com os agentes de saúde pública (ACs e Agentes de combate de endemias) visa contribuir com a melhoria da qualidade de vida da população, tendo em vista o uso racional dos recursos hídricos. “Já estamos vivendo uma situação de insegurança hídrica com a escassez de água, por isso se faz necessário que ações como essas possam ajudar as comunidades. E não é atoa que o curso é direcionado para este público alvo, é porque a partir daí, eles se transformarão em multiplicadores das experiências em cada localidade” comentou Maria da Conceição Jerônimo, coordenadora do Projeto.

 Os temas abordados pelo curso serão:

- A água no planeta, no país, na região e no município;

- Fontes de água subterrâneas e superficiais;

- Ciclo hidrológico;

- Principais fontes de contaminação;

- Escolha de mananciais;

- Tratamento de água para atender as populações rural e urbana 

- Oficina para construção de filtros com material sucata;

- Simulação de práticas de cloração e adição de outros produtos químicos e naturais para a melhoria da qualidade da água;

- Características físicoquímicas e biológicas da água - cor, turbidez e Ph;

- Observação de laudo de análise de água fornecido pela Funasa;

- Métodos de tratamento de água – fervura, aeração, sedimentação, filtração e desinfecção.

Da assessoria

0 comentários: