Em Lagoa Seca: professora exibe trabalhos produzidos por alunos em defesa do meio ambiente

Uma professora do Ensino Fundamental da rede pública do município de Lagoa Seca, no Agreste do estado, aproveitou a oportunidade da realização do Curso de Capacitação em Tecnologias Alternativas para o Tratamento de Água para o Consumo Humano para expor, com bastante orgulho, uma dezena de trabalhos desenvolvidos pelos seus alunos com o tema da preservação do Meio Ambiente.

De acordo com Elizete Amaral de Medeiros (foto), o resultado positivo é fruto do trabalho constante desenvolvido pelo Projeto Rio Mamanguape – Fase II, que é patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Socioambiental, em sua unidade de ensino. “Sinto-me orgulhosa em perceber a evolução do senso crítico dos nossos alunos. Aqui não são apenas redações, são artigos opinativos e trabalhos que refletem o quanto nossos jovens estão se conectado com os assuntos de interesse social, como o Meio Ambiente. Grande parte deste resultado é fruto da atuação deste maravilhoso Projeto que há vários anos vem ajudando a mudar a realidade de dezenas de pessoas. Eu, como educadora, me sinto orgulhosa e entusiasmada em fazer parte desta construção” declarou a educadora,  que, de forma orgulhosa, mostrava os trabalhos durante o evento que está sendo realizado na Escola Municipal Irmão Damião Clemente na manhã desta sexta-feira e está atendendo mais de 30 jovens de três escolas públicas do município.

Ainda de acordo com Elizete Amaral, os trabalhos produzidos pelos estudantes da Escola José Gomes da Silva, localizada no sítio Alvinho, estão tão bons que deverão ser publicados em um artigo científico. “Farei questão de publicar esses trabalhos em um artigo científico para que outras pessoas conheçam e tenham a oportunidade de valorizar o que as crianças, muitas vezes carentes, na zona rural, tem a oferecer” completou.

Da assessoria

0 comentários: