Cordelista Josafá de Orós toma posse na Academia de Cordel do Vale do Paraíba, neste sábado...

O poeta cordelista Josafá de Orós toma posse na Academia de Cordel do Vale do Paraíba neste sábado, dia 24, às 20h00, na Câmara de Vereadores da cidade de Itabaiana, data que marca também a fundação da entidade. Ele ocupará a cadeira de número 3, que tem como patrono o saudoso poeta Manoel Monteiro, falecido ano passado. Natural do estado do Ceará, contudo, paraibano por adoção, atualmente, reside no município de Lagoa Seca. Grande produtor cultural, além de exercer o ofício de xilogravurista, é ensaísta, cronista, escritor e pesquisador da cultura regional.
“Estou emocionado e feliz”, diz Josafá, em seu perfil no Facebook.
A instalação da Academia de Cordel do Vale do Paraíba dar-se-á no Ponto de Cultura Cantiga de Ninar em Itabaiana e será presidida pelo escritor e cordelista Sander Lee.
Na ocasião, o Secretário de Estado da Cultura da Paraíba, poeta Lau Siqueira será agraciado com diploma de honra ao mérito. Também será lançado na feira de Itabaiana o cordel “Peleja", de Sander Lee e Fábio Mozart.
Cerca de vinte poetas cordelistas vindos de várias localidades da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, entre eles o poeta Bob Motta, da Academia de Trovas do Rio Grande do Norte, da União Brasileira de Trovadores – UBT/RN e Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte estará presente.
Já confirmaram presenças o Presidente da Academia Paraibana de Letras e Presidente da Fundação Casa de José Américo, escritor Damião Ramos Cavalcanti; Presidente da Academia Feminina de Letras e Artes da Paraíba, escritora Bernardina Freire; Pesquisadora da Literatura de Cordel e Profª da UFPB, Beth Baltar; Chefe de Divisão do IPHAEP, bibliotecária Rosane Coutinho Pereira Lacet, juntamente com as pesquisadoras Laura, Piedade e Marisa; Cientista da Informação Clodemir Da Costa Nascimento, entre outras autoridades ligadas às letras, artes e à ciência da informação.
Com redação

0 comentários: