Tradicional cantata natalina de crianças do PETI é cancelada pela Prefeitura por falta de recursos. Faltou tirou dinheiro para locação de som...

Apesar de programada há mais de 90 dias, a tradicional Cantata Natalina promovida pelos jovens beneficiados pelo Programa de Fortalecimento de Vínculos de Lagoa Seca (antigo PETI) foi cancelada pela Prefeitura Municipal. Na justificativa dada à comunidade, a gestão do prefeito José Tadeu alegou a falta de recursos financeiros para efetuar o pagamento da locação de um palco e do serviço de sonorização.

A suspensão do evento revoltou os pais dos jovens envolvidos com a atividade, que há mais de três meses vinham ensaiando o espetáculo para apresentá-lo em praça pública. “Eu mesmo me senti uma palhaça. Meu filho vinha ensaiando quase que todos os dias, a roupa já estava pronta e todos nós bastante empolgados. Já faz mais de 6 anos que existe a cantata e pela primeira vez o evento foi cancelado porque disse que faltou dinheiro. Eu não acredito nisso” comentou Maria Aparecida de Oliveira, mãe de dois jovens beneficiados pelo programa.

O evento estava agendado para acontecer no último dia 18 de dezembro. Para a apresentação, a Secretaria de Ação Social já tinha, inclusive, investido recursos públicos na confecção de algumas roupas que seriam usadas pelas crianças.

Fátima Demétrio justifica cancelamento

De acordo com a chefe da pasta, Fátima Demétrio, os recursos para realizar a locação estão nas contas da prefeitura, no entanto, não puderam ser usados. “Dependíamos de uma suplementação orçamentária que ainda precisa que os vereadores aprovassem o projeto enviado pelo Executivo. Eu não podia, de forma particular, me comprometer com o proprietário do som e do palco em fazer o evento, sem saber se aconteceria a liberação dos recursos. Infelizmente, o evento foi cancelado. Até pensamos em fazer em outro dia, mas as crianças ficaram desmotivadas” contou.

Ainda segundo Fátima, a Prefeitura Municipal iria investir a quantia de R$ 2.800,00 para realizar a locação dos serviços de sonorização e montagem do palco.

Revoltada, outra mãe de um jovem beneficiado desabafou: “Eu votei em Tadeu, mas não tenho nenhuma vergonha de dizer que se arrependimento matasse, já estaria enterrada. É uma vergonha a situação atual do município, nada funciona. Da saúde à educação, tá tudo parado e o mais impressionante é que ninguém faz nada” opinou Soraia Gomes, moradora do bairro São José.

Por Márcio Rangel

0 comentários: