Câmara Municipal de Vereadores de Lagoa Seca aprova requerimentos em sessão ordinária...

Em mais uma sessão ordinária da Câmara Municipal de Lagoa Seca realizada na noite desta terça-feira, 11, foram aprovados cinco requerimentos de autoria do vereador e presidente da Casa, Nelson Anacleto (PT). As matérias foram aprovadas por unanimidade e solicitam ao Poder Executivo melhorias para a cidade.

“Os requerimentos aprovados nesta noite são de grande importância para o nosso município, espero que os órgãos competentes cumpram as nossas solicitações para a melhoria de vida do povo de Lagoa Seca”, destacou Anacleto.

Foi aprovado o requerimento nº 053/2014, que solicita ao Executivo uma âncora de PSF para o sítio Campinote de Cima/Caxangá, de preferência, nas dependências do grupo escolar da localidade, que se encontra desativado. 

Outro requerimento aprovado foi o nº 054/2014, que solicita ao Governo do Estado, através do DER, que providencie a recuperação da rodovia que liga o município de Lagoa Seca a cidade de Puxinanã, via povoado do Alvinho e Pai Domingos e a que liga Campina Grande a Montadas, via Alvinho e Campinote. 

Também foi aprovado o requerimento nº 055/2014, que solicita ao DNIT uma faixa de pedestre na BR 104 Norte, em frente ao Santuário da Virgem dos Pobres, em virtude dos constantes acidentes no local. Foi aprovado ainda, o requerimento nº 056/2014, que solicita ao Poder Executivo a limpeza e escavação da Lagoa de Manguape.

Igualmente foi aprovado o requerimento nº 057/2014 que solicita ao Ministério Público, através da Curadoria do Meio Ambiente, que providencie junto aos órgãos competentes o efetivo cumprimento da lei 181/2013, que dispõe sobre o uso de equipamentos sonoros nas vias, praças e demais logradouros públicos no âmbito do município de Lagoa Seca. 

Segue em tramitação o projeto de lei do Executivo nº 018/2014, que dispõe sobre a concessão de reajuste salarial dos servidores efetivos que ocupam o cargo de Agente de Vigilância Ambiental no município, acompanhado das emendas supressiva nº 007/2014 e substitutiva nº 001/2014, além do parecer conjunto das comissões de Justiça e Redação e Finanças e Orçamento. 

Ascom/CMV

0 comentários: