Tadeu + Bola + Prefeitura = FRACASSO. Prefeito de Lagoa Seca é esmagado nas urnas... Confira a análise do jornalista Márcio Rangel...

O resultado da eleição proporcional (para escolha de deputados estaduais e federais) no município de Lagoa Seca, surpreendeu até aos eleitores mais pessimistas.  Isso porque, a apuração final dos sufrágios abriu claramente o mapa do cenário político atual e faz projeções bem eficientes para o pleito de 2016.

No alvo da disputa pela prefeitura da cidade, o atual prefeito José Tadeu Sales de Luna (PSC), o Tadeu do Supermercado, foi literalmente massacrado na eleição deste domingo. Mesmo contando com o apoio do ex-prefeito Bola Coutinho e, ainda usando toda estrutura do governo municipal, o prefeito-empresário não conseguiu transferir votos para seus candidatos aliados: para estadual, Doda de Tião (PTB) ficou em 4º lugar. O mesmo aconteceu com o federal Wilson Filho (PTB), que obteve menos votos na cidade do que o ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital (PMDB), que não recebeu apoio de nenhuma liderança no município. Entretanto, a situação chama atenção porque se Tadeu não tivesse conseguido manter o apoio de Bola Coutinho, talvez, o vexame político tivesse sido ainda maior.

Dentro desse cenário eleitoral, resultante das urnas, a situação expôs, mais uma vez, o brutal desgaste do atual gestor, que até agora, não conseguiu sequer unir seu próprio grupo político em torno de uma posição sólida e segura. O momento atual que a gestão vive, com manifestações de funcionários, ameaças de greves e um visível descontrole das ações administrativas do município, também acabou influenciando os quase 19 mil eleitores do município.

Na contramão do desgaste de Tadeu de Supermercado, alguns atores da política local ressurgiram com bastante força.  Destaque, neste cenário, para o vereador Ednaldo Araújo (PSC), popularmente conhecido por Pessoa, que vem a ser o presidente do partido do prefeito e anunciou rompimento político com o gestor há cerca de oito meses. Praticamente sozinho, o parlamentar conseguiu transformar Guilherme Almeida no segundo deputado mais votado na cidade, com 1443 votos.

O mesmo aconteceu com o vereador Maykon Diego Ribeiro de Melo (PMDB), o Diego do Veleiro e da vereadora Tetê de Afonso (DEM) que após romperem com Tadeu do Supermercado, conseguiu 1.245 votos para Bruno Cunha Lima (PSDB), o que lhe garantiu o título de terceiro mais votado na cidade.

Sem nenhuma sombra de dúvidas, o cenário mais consolidado, literalmente, foi o marcado pelas lideranças mais fortes da oposição à Tadeu do Supermercado.  Juntos, Fabio Ramalho (PSD) e Edvardo Herculano (PSDB) esmagaram seu principal opositor.  A votação de Manoel Ludgério (estadual) e Rômulo Gouveia (federal) chegou a ser maior do que a obtida em 2010, quando Edvardo era o gestor do município e Fábio, presidente da Câmara de Vereadores.

Vale apena também destacar as participações do vereador Edvaldo Silva (PT), o Bode e o suplente de vereador Niácome Jácome (PSB), que juntos, conseguiram 681 votos para Adriano Galdino (PSB) e a mesma quantidade de sufrágios para Damião Feliciano (PDT).

Já outro fiasco - esperado por muitos - foi o desempenho dos candidatos apoiados pelo bloco petista do vereador e presidente da Casa Napoleão Coutinho, Nelson Anacleto (PT), Seu candidato a deputado estadual, frei Anastácio (PT) foi 5º nas intenções de votos, já o deputado federal Luiz Couto (PT) ficou em 8º, atrás de nomes como Aguinaldo Ribeiro (PP) e do desconhecido Isaac Venerando (PT do B).

Com este cenário, as cartas foram colocadas na mesa e Tadeu do Supermercado acabou entrando para história política do município de Lagoa Seca como sendo o primeiro prefeito - que no mandato - não conseguiu transformar seus candidatos nos mais votados no município.

Podemos dizer que 2016 já começou? Obviamente que sim.

Um comentário:

  1. Anônimo16.10.14

    Com vereadores sem nocação do lado de Tadeu, como o Diego do veleiro que só sabe fazer porra de festinha em praça pública só podia dar nisso.

    Eu não voto em ex-vereador ladrão (pra prefeito) nem a pau, prefiro que continue assim. Quero essa coja do 45 bem longe de Lagoa Seca e Márcio Rangel é um babão, puxa saco do povo do 45.

    ResponderExcluir