Ministro do Desenvolvimento Agrário e diretores do BNDES e Banco do Brasil participam de lançamento de programa de agricultura sustentável em Lagoa Seca...

Na próxima quarta-feira, 08, à partir das 11h00, acontecerá na sede do Banco Mãe de Sementes, localizado no município de Lagoa Seca, Agreste da Paraíba, a solenidade de lançamento regional do Programa de Fortalecimento e Ampliação das Redes de Agroecologia, Extrativismo e Produção Orgânica(Ecoforte). A AS-PTA Agricultura Familiar e Agroecologia é uma das três entidades proponentes do programa na região Nordeste e responsável pelo desenvolvimento de um dos projetos selecionados pelo Ecoforte. O projeto será desenvolvido com a articulação de um conjunto amplo e diversificado de organizações da agricultura familiar que fazem parte do Polo da Borborema e entidades de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), ensino e pesquisa voltadas à promoção do desenvolvimento rural a partir da perspectiva agroecológica.

O Ecoforte foi lançado em março de 2014 pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em parceria com a Fundação Banco do Brasil (FBB). O total de recursos previsto para apoio a projetos selecionados no primeiro edital é de R$ 25 milhões. Os recursos a serem investidos são oriundos do acordo da Fundação Banco do Brasil e do BNDES, por meio do Fundo Amazônia e do BNDES Fundo Social. Neste primeiro ano foram selecionados em torno de 30 projetos, que devem ter por finalidade a promoção de benefícios a agricultores familiares, assentados da reforma agrária, povos e comunidades tradicionais e indígenas, bem como a suas organizações econômicas, tais como empreendimentos rurais, cooperativas e associações. O prazo máximo para a sua execução é de dois anos.

Presença de ministros - Durante a cerimônia de lançamento será assinado o contrato doEcoforte. O momento contará com a presença dos ministros Laudemir Müller, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Gilberto Carvalho da Secretaria Geral da Presidência da República, do presidente da Fundação Banco do Brasil, José Caetano de Andrade Minchillo, do diretor do BNDES, Luciano Coutinho, e do Secretário Nacional de Economia Solidária, Paul Singer, além de lideranças do Polo da Borborema e representantes da AS-PTA. Estão sendo convidados ainda agricultores e agricultoras da região envolvidos na dinâmica do trabalho e na execução das ações do projeto. No espaço exterior do Banco Mãe de Sementes será montada uma feira de exposição de produtos e experiências da agricultura familiar de base agroecológica e será montado ainda um ambiente que demonstra um quintal produtivo com moradia, cisternas, plantações e criações.

A escolha da Paraíba para o lançamento regional do Ecoforte se deu por a AS-PTA ter sido o primeiro lugar na seleção de propostas do edital do Programa na Região Nordeste. Seu projeto está estruturado em torno de cinco eixos temáticos: os Bancos de Sementes Comunitários; Unidades Itinerantes de Beneficiamento de Forragem; Quintais Agroecológicos; Fundos de Repasse em Cadeia de Pequenos Ruminantes e Feiras Agroecológicas. As ações irão beneficiar diretamente 800 pessoas e indiretamente cerca de quatro mil famílias.

Na região de atuação do Polo da Borborema, que inclui 14 municípios, o objetivo do projeto é contribuir para a recomposição da capacidade produtiva, da segurança alimentar e da geração de renda das famílias agricultoras do Agreste paraibano. O projeto apoiará atividades de formação e intercâmbio, implantação e reestruturação de bancos de sementes comunitários, feiras agroecológicas, quintais produtivos e fundos rotativos solidários ou seja, tecnologias sociais compartilhadas, com cobertura comunitária, geridas por grupos comunitários e diretamente acessíveis às famílias. O projeto incorpora um foco particular em relação a dois dos mais vulneráveis segmentos da agricultura familiar: mulheres e jovens.

O Ecoforte integra o Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Brasil Agroecológico) e apoia projetos voltados à intensificação das práticas de manejo sustentável de produtos da sociobiodiversidade e de sistemas produtivos orgânicos e de base agroecológica.

Da programação:

09h00 - Início feira de exposição de produtos e experiências agroecológicas;
10h00 - Apresentação do Ecoforte e das ações na região da Borborema;
11h00 - Chegada das autoridades;
11h10 - Visita das autoridades à feira de produtos e experiências;
11h30 - Mesa de lançamento;
12h10 - Assinatura do contrato;
12h30 – Encerramento.

Da assessoria/AS-PTA

0 comentários: