Lagoa Seca é citada em matéria da Veja na internet quando diz que Campina Grande é uma 'ilha tucana' que resiste no Nordeste...

O portal de notícias da revista Veja na internet, desta terça-feira, 14, destacou a cidade de Campina Grande como sendo uma “ilha azul” no mapa eleitoral brasileiro, devido à “esmagadora” vitória do presidenciável Aércio Neves (PSDB) no primeiro turno das eleições. 

Na reportagem do portal da revista Veja, a matéria atribui à força política de Cássio Cunha Lima (PSDB), como fator determinante para a vitória de Aécio Neves, que obteve 84.577 votos na Rainha da Borborema, o que representa 39,46% da preferência do eleitorado campinense. 

A reportagem também lembrou que, puxado por Cássio Cunha Lima, que teve 965.367 votos para o Governo da Paraíba no primeiro turno, Aécio Neves obteve na Paraíba o seu melhor desempenho no Nordeste. O presidenciável recebeu 490.516 votos da população paraibana.

Ainda segundo a matéria da Veja, caso concretize sua vitória na Paraíba, Cássio “deve se catapultar como a principal liderança tucana no Nordeste, já que a Paraíba será o único Estado governado pelo partido na região”. Em sua agenda de campanha, o tucano estará nesta sexta-feira, 17, em Campina Grande, participando de um grande comício no Parque do Povo, juntamente com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato a governador da Paraíba. 

Lagoa Seca na Veja

Na mesma reportagem, Lagoa Seca é citada na matéria, quando diz que o nome de José Serra, então presidenciável tucano em 2010 venceu em oito cidades paraibanas, incluindo Campina Grande, Areial, São Sebastião de Lagoa de Roça, Pocinhos e Lagoa Seca, na época, governada pelo médico Edvardo Herculano de Lima (PSDB). Considerado o maior líder político do município, governou a cidade por três momentos, podendo ainda sair candidato a prefeito em 2016. Em sendo eleito, será o único político lagoasequense a igualar a Bola Coutinho (PMDB), tradicional liderança política local, a governar o município por quatro mandatos.

O desempenho eleitoral do presidenciável Aércio Neves em Lagoa Seca foi considerado excelente pelas principais lideranças políticas locais que o apoiaram. O tucano obteve 5.128 sufrágios, o que corresponde a 36,49% dos votos válidos do eleitorado lagoasequense no primeiro turno das eleições. "Isso reflete verdadeiramente a grande influência de Cássio em Lagoa Seca, um político carismático e muito querido em nosso município, que recebeu 9.650 votos", disse Edvardo Herculano.

Engajado mais ainda na campanha dos tucanos em Lagoa Seca, juntamente com seu grupo político, que representa um contingente de lideranças expressivas em todo município, o ex-prefeito Edvardo Herculano está empenho para aumentar a já expressiva votação de Aécio Neves. "Se Deus quiser, com a vontade de nosso povo, o desempenho de Aécio e Cássio deve ser ainda melhor agora no segundo turno", disse.

Da redação

0 comentários: