Fábio Ramalho agradece votação aos candidatos apoiados pelo seu grupo político. Sobre 2016, diz que está pronto para a próximo batalha...

Findo o processo eleitoral, o ex-vereador Fábio Ramalho (PSD) emitiu nota nesta segunda-feira (27), agradecendo os votos dados aos candidatos apresentados e apoiados pelo seu grupo político, em especial a Aécio Neves e Cássio Cunha Lima, respectivamente, no segundo das eleições.

"Agradeço ao povo de Lagoa Seca que acreditaram num projeto político viável para o desenvolvimento do Brasil e da Paraíba. Lamento profundamente que não tivemos êxito e sucesso, mas temos a convicção que cumprimos com a nossa missão em lutar por um ideal. Todavia, estou muito feliz pela esmagadora votação que conseguimos transferir para Cássio Cunha Lima, demonstrando, com isso, que o cidadão lagoasequense é livre e independente, nunca se curvando a nenhum poder. Muito obrigado mesmo a cada uma daquelas pessoas que se empenharam na luta. Junto, com muitos outros amigos estarei a prosseguir nesta caminhada, numa luta sem trégua por uma cidade melhor. Que Deus continue a nos abençoar, sempre...”

Avaliação

Para Fábio Ramalho, os números que surgiram das urnas apontam que a maioria dos lagoasequenses quer mudança de rumos na administração municipal. O pífio desempenho dos candidatos apresentados e apoiados pelo atual gestor significa uma desaprovação tremenda na forma de governar Lagoa Seca.

“A mensagem das urnas está aí.Tenho absoluta compreensão dos recados que elas apresentaram neste domingo. Com certeza, elas deram um recado muito claro em que a população lagoasequense, praticamente em sua grande maioria - fez opção por aquilo que nós apresentamos -, a mensagem da mudança", ponderou. 

Fábio Ramalho disse também que, “cabe a mim a responsabilidade de exercer a posição política, de efetivamente continuar na militância e na atividade políticas, cumprindo a minha responsabilidade. Continuarei firme no propósito de avaliar e propor os anseios de mudança que nossa população tanto almeja".

Com relação ao próximo enfrentamento nas urnas em Lagoa Seca, que se dará somente em 2016, quando haverá disputa pelo comando da Prefeitura Municipal, Fábio Ramalho disse que ainda é cedo para afirmar se ele irá disputar as eleições de prefeito. "Não depende só de mim, temos um grupo que pensa e decide junto. Vamos aguardar o melhor momento para, oportunamente, analisarmos a conjuntura política local, traçarmos as diretrizes e tomarmos a melhor decisão". 

"Eu, como alguém pronto para a batalha, seja ela em que circunstância for, desde já estou preparado para a luta. O que posso dizer é que, se a escolha recair sobre mim, estarei sempre ativo a defender que as mudanças possam acontecer em Lagoa Seca. Se depender de mim, não vou arredar o pé”, completou Fábio Ramalho.

Da redação

0 comentários: