Cagepa confirma racionamento de água em Lagoa Seca e mais 18 cidades da região metropolitana de Campina Grande...

Depois de quase 15 anos sem enfrentar os transtornos de não ter água nas torneiras todos os dias, as populações da região metropolitana de Campina Grande, no Agreste paraibano podem vivenciar um novo racionamento a partir do mês de dezembro, em virtude do baixo nível de água do Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão). Com o racionamento, moradores da cidade de Lagoa Sece e de outros 18 municípios serão afetadas com o desabastecimento, o que deve influenciar diretamente na rotina de mais de 630 mil pessoas.

Atualmente, segundo dados da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), o reservatório está com cerca de 121,2 milhões m³, o que corresponde a apenas 29,4% de sua capacidade total. Conforme técnicos da Cagepa, o racionamento deve ser iniciado quando a quantidade de água armazenada no açude atingir a marca de 100 milhões metros cúbicos (m³), o que segundo os estudos da empresa deve ocorrer até meados de dezembro.

A última vez que Campina Grande e região enfrentou racionamento de água foi em 1999, quando Boqueirão atingiu capacidade mínima histórica de 14,9%, com cerca de 60 milhões de metros cúbicos.

Da redação,

com assessoria

0 comentários: