Caça às bruxas: dissidentes do PMDB podem ser advertidos caso não siga orientação partidária...

O ex-prefeito de Campina Grande e deputado federal eleito, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), endureceu o discurso contra os dissidentes do partido no final das eleições. Ele revelou que o PMDB deve analisar bem a atitude de alguns integrantes que não seguiram o partido durante as eleições 2014. “Não podemos varrer para debaixo do tapete as traições, não dá para esconder essa realidade vivenciada no pleito ora findo pelo PMDB paraibano”.

Embora Veneziano negue, suas declarações demonstram que o PMDB pode fazer uma verdadeira ‘caça às bruxas’. “Não faremos ‘caça às bruxas’, mas, daqui a dois anos, teremos eleições municipais, que, inclusive, serão preparatórias para as próximas eleições estaduais e nacionais de 2018. Em sendo assim, é preciso que saibamos com quem vamos conviver”, afirmou.

Para Veneziano, a sigla partidária precisa rever o posicionamento de alguns integrantes do partido. “Vamos discutir isso com muita calma, tranquilidade, espírito sereno. Mas não podemos relevar a realidade: o PMDB não pode ser uma legenda para se recorrer a ela na eleição municipal, por ser um grande partido, e na hora da contrapartida, nas eleições estaduais e nacionais, simplesmente virar as costas. Não, não dá pra ser assim”.

Em Lagoa Seca, no Agreste da Paraíba, alguns integrantes do diretório municipal do PMDB apoiaram em dois turnos o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que concorreu ao cargo de governador, contraindo, portanto, a decisão do partido que teve candidatura própria ao governo do Estado - senador Vital do Rego Filho (PMDB). No segundo turno, o partido seguiu apoiando a candidatura do governador reeleito Ricardo Coutinho (PSB), que teve 1.125.956 votos. Cássio recebeu 1.014.393. A diferença entre os dois foi de 111.563 votos. Todos devem ser chamados para se explicarem. 

Entre os dissidentes do PMDB de Lagoa Seca estão a atual vice-prefeita, Eleuza Barbosa, os vereadores Diego do Veleiro e Vei de Bola. A maior estrela do partido no município, o ex-prefeito Bola Coutinho também amarelou. Todos votaram no tucano, que acabou perdendo pela primeira vez uma eleição. 

Com redação

0 comentários: