A "Ilha Tucana" resiste e aclama Aércio Neves presidente do Brasil. Campina Grande diz sim a mudança que já começou...

O presidenciável tucano Aércio Neves desembarcou nesta sexta-feira, 17, à noite em Campina Grande, Agreste da Paraíba, vindo de Salvador. No saguão do Aeroporto João Suassuna, em uma rápida entrevista coletiva, disse que, se eleito, pretende descentralizar a indústria brasileira e "revigorar" o setor no Nordeste, bem como ampliar os programas sociais, como o Bolsa Família. Ele estava acompanhado do senador Cássio Cunha Lima e de Romero Rodrigues, prefeito de Campina Grande, todos do PSDB. A reportagem do Lagoa Seca Em Foco acompanhou, com exclusividade, a passagem do presidenciável pela cidade.

Veja alguns pontos da entrevista:

Infraestrutura 

"Aqui em Campina Grande temos um pólo industrial extremamente importante que nós vamos fortalecer, revigorar. Nós precisamos descentralizar cada vez mais o desenvolvimento da indústria brasileira”, declarou o candidato ao falar de suas propostas para o Nordeste.

Transposição

“Não é aceitável, não é compreensível, uma obra que já deveria ter sido inaugurada quatro anos atrás, tanto dinheiro gasto, mais que o dobro do que era previsto, não tenha levado uma gota de água sequer àqueles que aguardam. Vamos concluir as obras que estão em andamento, vamos manter os programas sociais de transferência de renda, vamos aprimorá-los e vamos fazer com que a saúde, a educação e a segurança pública melhorem”, prometeu.

Educação e segurança

“Melhoria da qualidade da educação, diminuição da mortalidade e dos crimes violentos nos próximos 8 anos em pelo menos 30%, um choque de infraestrutura, e, a partir de uma política fiscal diferenciada, nós podemos criar condições de atração de investimentos para esta região”, disse aos jornalistas.

Comício

Com a Pirâmide do Parque do Povo superlotada e toda área em torno, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) que disputa a eleição para o governo do Estado com Ricardo Coutinho (PSB), aproveitou para festejar e agradecer a presença do senador Cícero Lucena (PSDB), que se integra agora, nessa reta final de campanha, no apoio aos tucanos na Paraíba. Na oportunidade, Cássio lembrou novamente que a Paraíba está perto de confirmar uma chance histórica: ter no governo estadual e na Presidência da República dois gestores parceiros e comprometidos com o Estado.

"Vencemos no primeiro turno e vamos vencer no segundo. A Paraíba nunca recebeu do Governo Federal a atenção que o nosso Estado merece. Então, meus amigos, não neguem à Paraíba essa oportunidade histórica. Agora é Aécio na Presidência e Cássio no governo", asseverou.

Ao falar ao grande público, o senador Cícero Lucena disse: “vamos ecoar em toda Paraíba para o bem do nosso estado, para felicidade do nosso povo vamos à vitória no próximo dia 26 de outubro, 45 para governador e 45 para presidente”.

O presidenciável diante da multidão reiterou seus compromissos solenes com a Paraíba e o Nordeste. Veja alguns momentos de seu pronunciamento:

Aplaudido e ovacionado pela multidão, mesmo com sua voz um tanto rouca, o presidenciável Aércio Neves iniciou sua fala agradecendo aos paraibanos e, em especial aos campinenses os votos recebidos no primeiro turno na cidade. Em tom triunfante, o mineiro fez questão de agradecer pessoalmente aos 84.577 votos que recebeu em Campina Grande.

"Lá na minha querida Minas Gerais, a gente costuma dizer que a gratidão é a memória do coração. “Eu venho hoje a Campina para expressar a minha enorme gratidão, porque foi aqui que eu tive a minha maior vitória em todo Nordeste brasileiro. Obrigado Campina Grande, pela generosidade, pela compreensão da nossa proposta, por compreenderem que o Brasil precisa rapidamente iniciar um novo ciclo de crescimento e desenvolvimento”.

"Vou repetir, Cássio, olhando nos olhos de cada paraibano que, eleito presidente, vou resgatar essa dívida histórica do governo federal com a Paraíba. Vamos trazer para cá alguns dos mais importantes investimentos estruturantes. Quero ser lembrado como o melhor presidente que o Nordeste brasileiro já teve".

"Não se trata de uma eleição comum. Estamos a poucos dias de tomarmos uma decisão que absolutamente vai afetar pelas próximas décadas a vida de cada paraibano, a vida de cada paraibana, a vida de cada nordestino".

“Nós temos nas mãos uma oportunidade e não temos o direito de perde, o Governo da Paraíba tendo o melhor amigo do presidente da Republica, o governador Cássio Cunha Lima, para que nós possamos construir um novo tempo que jamais a Paraíba viveu. Cássio, a sua vitória é a vitória da Paraíba”.

"Ao final do meu mandato quero ser lembrado como o melhor presidente que o Nordeste já teve".

Ao final do comício Aércio pediu a ajuda dos militantes para encerrar o ciclo de governo do PT no comando do País. “Até o dia 26 de outubro, cada um de vocês seja a minha voz, a minha determinação e a minha coragem para tirar o PT do governo”. 

O ato de campanha dos tucanos em Campina Grande, que durou cerca de meia hora, contou com a presença de muitos políticos da região, entre deputados federais e estaduais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, além de lideranças empresariais da cidade. De Lagoa Seca estavam presentes a vice-prefita Eleuza Barbosa, os vereadores Diego do Veleiro, Tetê de Afonso, Pessoa, Iran Barbosa e Zezito do Cumbe. O ex-vereador Fábio Ramalho marcou presença, acompanhado de muitas lideranças políticas e comunitárias do município, como Marcônio Brandão, Fabiano Ramalho, Adalberto Albuquerque, Afonso de Bola, entre outros.  

De Campina Grande Aércio Neves seguiu para João Pessoa, capital da Paraíba, aonde realizou comício no Busto de Tamandaré, na Praia de Tambáu.

Assista, na íntegra, o vídeo do comício na Pirâmide do Parque do Povo. Mais de 12 mil pessoas estavam presentes.


0 comentários: