Lagoa Seca será polo de extensão da 9ª edição do Comunicurtas UEPB...

Com a presença do reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, foi lançada na manhã desta quarta-feira (3), no Auditório I do Centro de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, a 9ª edição do Festival Audiovisual de Campina Grande – Comunicurtas UEPB.

A exemplo das edições anteriores, o evento contará com exibição e premiação de filmes em diversas categorias das mostras competitivas, debates e realização de oficinas. Além disso, o festival pretende discutir a criação e preservação de acervos audiovisuais, além das políticas públicas de Cultura voltadas para a área audiovisual, em particular atenção, para as produções de baixo orçamento e de restauração de acervos fílmicos.

Na solenidade de lançamento, o reitor Rangel Junior destacou a importância do festival para fomentar a produção audiovisual na Paraíba, especialmente de Campina Grande. Ele ressaltou que mesmo tendo crescido e tomando grandes proporções, o festival nunca teve um financiamento regular, dependendo sempre do apoio da UEPB. O reitor defendeu a busca de parcerias com outras instituições como os governos estadual, municipal e federal, além de instituições privadas, no sentido de viabilizar a captação de recursos.

“A nossa pretensão é que o festival não se resuma apenas aos cinco dias de realização, mas que ele se torne uma instância de fomento permanente da produção audiovisual. Vamos nos desdobrar para criar as condições para que de fato seja implantado um polo de produção em Campina Grande, a partir desta experiência que já existe”, destacou o reitor.

Coordenador geral do evento, o jornalista Hipólito Lucena, coordenador de Comunicação da UEPB, fez a apresentação de toda a programação do festival, desde a comissão responsável por sua montagem até as mostras e os locais onde os eventos acontecerão. Já a professora Socorro Palitó, chefe do Departamento de Comunicação da UEPB, lembrou que o festival se aprimorou ao longo dos anos e nesta 9ª edição vai envolver ainda mais os estudantes da Instituição.

Este ano o Festival terá como tema central “Redes colaborativas para a produção de audiovisual”. A edição 2014 traz novidades, a exemplo dos polos de extensão que funcionarão nos câmpus de João Pessoa, Lagoa Seca, Catolé do Rocha, Araruna, Patos, Guarabira e Monteiro, onde serão realizadas as mostras itinerantes. Nesses polos serão exibidos filmes inscritos no festival e realizadas oficinas cinematográficas.

A 9ª edição do Festival Audiovisual de Campina Grande será realizada entre os dias 14 e 18 de novembro e terá cinco mostras: Mostra Brasil, com exibição de curtas nacionais; Mostra Tropeiros, com curtas produzidos na Paraíba; Mostra Estalo com filmes de até 1 minuto; Mostra Tropeiros de Telejornalismo e a Mostra A idéia É, destinada às peças publicitárias. O período de inscrições será de 18 de setembro até 13 de outubro, sendo que a divulgação dos filmes finalistas acontecerá no dia 31 de outubro.

Além disso, o festival contará ainda com cinco mostras especiais, seis oficinas, três palestras e quatro sessões de debates. Serão ministradas as oficinas “Elaboração de projeto e captação de recursos”, “Roteiro para produção audiovisual, produção colaborativa e de baixo orçamento”, “Realização audiovisual em redes colaborativas e Filmagem”, “Edição e finalização de vídeo e cinema”, “Novas mídias e restauração” e “Preservação e administração de acervos audiovisuais ou cinematográficos”.

Entre as novidades está a Mostra dos Pontos de Cultura, que acontecerá nas Boninas; a Mostra de Direitos Humanos, que acontecerá no Câmpus Avançado do Serrotão e a Mostra da Terceira Idade, que será realizada no prédio onde funciona a Universidade Aberta à Maturidade (UAMA). O festival também prestará homenagem ao cineasta e escritor Jean Claude Bernardet.

DSC04350A exibição dos filmes acontecerá no Teatro Municipal Severino Cabral, enquanto as oficinas serão realizadas no antigo Cine São José. As palestras serão ministradas no Centro de Integração Acadêmica da UEPB. A comissão organizadora também conseguiu viabilizar uma parceria com a NBR TV que exibirá filmes inscritos nas mostras.

O Comunicurtas é uma realização da Universidade Estadual da Paraíba que envolve o Departamento de Comunicação Social (DECOM), o Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) e a Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da UEPB, com o intuito de incentivar o as produções cinematográficas na região, além de premiar e reconhecer o trabalho das produções televisivas e de agências de publicidade e propaganda da Paraíba.

Economia Criativa

Durante o lançamento do Comunicurtas também foi apresentado o Edital Economia Criativa, da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTcPB), que trata do apoio da Incubadora Tecnológica de Campina Grande no que tange à incubação de novas ideias inovadoras nas áreas de artesanato, audiovisual, moda e música. A apresentação foi feita por Janaína Ibiapino, coordenadora de projetos de incubadora do Parque Tecnológico.

Ascom/UEPB

0 comentários: