Homicídio é registrado em plena via pública de Lagoa Seca no começo da tarde dessa sexta-feira...

Mais um homicídio é registrado no começo da tarde dessa sexta-feira, 26, em Lagoa Seca, município localizado no Agreste paraibano. A cena impactou moradores, já que o crime aconteceu em plena via pública - rua Cícero Faustino da Silva - Centro - BR 104 Norte, que corta a cidade. 

Segundo informações da polícia, a vítima, José Alberto Rufino Alves, 50 anos, foi pego de surpresa quando ia passando por um redutor de velocidade que fica quase em frente a Prefeitura Municipal.  Dedé do Abacaxi, como era mais conhecido foi alvejado por dois disparos e teve morte imediata. A arma do crime foi encontrada com três munições intactas e três deflagradas. 

Muitos curiosos se aglomeraram no local para ver a cena do crime. A BR 104 Norte ficou parcialmente congestionada por quase duas horas nos dois sentidos, sendo liberado o trânsito de veículos após a chega da Polícia Rodoviária Federal.

O corpo do comerciante foi levado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande. O sepultamento acontece amanhã em São Sebastião de Lagoa de Roça, cidade onde reside seus familiares.

'Eles não falaram em assalto; chegaram e foram logo atiraram', disse um rapaz que vinha dentro do veículo conduzido pelo comerciante assassinado; a testemunha foi conduzida à Delegacia Distrital de Campina Grande, quando será ouvida pelas autoridades policiais. Preliminarmente, a morte do comerciante que tinha um pequeno negócio na Empasa/CG pode ter sido motivada por uma briga ocorrida recentemente, entre vítima e um dos acusados.

Após efetuarem os disparos, os bandidos que estavam em uma moto, ao fugir do local em alta velocidade terminou batendo em um caminhão-pipa que estava estacionado bem em frente a Campo & Construção - BR 104 Norte, saída para Alagoa Nova. O condutor do veículo, Paulo Henrique de Lima, 18 anos, com o forte impacto da batida, ficou gravemente lesionado . Ele foi socorrido pela equipe do SAMU e levado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, aonde segue internado, sob custódia da polícia.  O outro elemento (possivelmente o autor dos disparos, identificado por Marcelo Camilo Silva, 22 anos) também caiu ferido, em seguida capturado e preso em flagrante pela polícia. 

O delegado Lamartine Lacerda informou que não se sabe a motivação do crime e as investigações sobre o caso ainda serão iniciadas, mas afirmou que os jovens presos são os autores do crime e residem em João Pessoa. "Eles negaram qualquer envolvimento e só falam em juízo", revelou.

Da redação,
com imagens de Velito Net

0 comentários: