Profissionais da área de saúde de Lagoa Seca ameaçam entrar em greve a partir desta quarta-feira, dia 27...

Os auxiliares de serviços gerais, auxiliares de enfermagem, recepcionistas, vigilantes e agentes de vigilância ambiental, todos lotados na secretaria de Saúde do município de Lagoa Seca decidiram, em assembleia realizada na nesta quinta-feira, 21, no plenário da Câmara de Vereadores deflagar greve a partir da próxima quarta-feira, dia 27, caso o prefeito José Tadeu não atenda suas reivindicações. 

A paralisação por tempo indeterminado desses servidores é o reflexo do descaso da gestão da secretaria de Saúde, cujo secretário José Amadeus Matias, que além de não receber os trabalhadores para audiência, também não respondeu nenhum ofício protocolado pela diretoria do Sintab (Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema) de Lagoa Seca, segue insensível aos apelos dessas categorias.

Outros motivos que influenciaram a decisão de iniciar a greve foi a não inclusão desses servidores no Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ) e o não pagamento do piso nacional estabelecido em lei federal aos agentes de vigilância ambiental. A direção do Sintab de Lagoa Seca espera que a Secretaria de Saúde do município se posicione até a data do indicativo de greve, caso contrário, as atividades na área da saúde serão paralisadas por tempo indeterminado.

Da redação,
com informações de Márcio Rangel

0 comentários: