Inclusão socioeconômica de catadores de materiais recicláveis será tema de Seminário em Lagoa Seca...

Na próxima quarta-feira, 20, das 08h00 às 12h00, será realizado em Lagoa Seca, Agreste paraibano, o seminário: “Desafios para Inclusão Socioeconômica dos Catadores na Política Municipal de Resíduos Sólidos”. O evento está sendo promovido pelo Centro de Ação Cultural – Centrac - e acontecerá no auditório da Câmara de Vereadores do município, localizada na Rrua Cícero Faustino da Silva, 303, no Centro da cidade. Vão estar presentes cerca de 100 catadores e catadoras de materiais recicláveis de Lagoa Seca, além de gestores públicos, estudantes e pesquisadores da temática. A participação é aberta ao público em geral.

A programação terá início às 08h00 com o credenciamento e a entrega do material do seminário. A partir das 08h30 terá início a mesa de abertura: “Projeto Cooperar para Melhor Coletar: apoio às Condições de Vida e Trabalho dos/as Catadores de Lagoa”. Neste momento a coordenação do projeto vai mostrar as suas ações e de que forma catadores e gestores públicos estão inseridos nas atividades.

Às 10h00 haverá a mesa redonda “Desafios para a inclusão socioeconômica dos catadores e catadoras na política municipal de gestão de resíduos sólidos”, com participação de Egrinalda Santos, representante do Movimento Nacional de Catadores de Recicláveis na Paraíba, de Wesley Siqueira, Secretário de Administração, Fátima Demétrio, secretária de Ação Social do município e de Mary Alves, coordenadora do projeto do CENTRAC. Participarão ainda do evento gestores de secretarias municipais afeitas à temática como as de Saúde e Educação.

O objetivo da atividade é discutir a realidade e os desafios para a inclusão dos catadores na gestão dos resíduos sólidos, ou seja, dar condições para que a coleta seletiva funcione incluindo o catador como agente desse processo, com direito à capacitação para melhor desempenhar a sua função.

Durante o seminário será apresentado o projeto “Cooperar para melhor Coletar” que tem o objetivo colaborar para a implementação de políticas adequadas para a gestão dos resíduos sólidos nos municípios e a inclusão socioeconômica dos catadores e catadoras de recicláveis, contribuindo assim, para melhores condições de vida e trabalho dessas pessoas.

Na ocasião haverá ainda o lançamento da Campanha “Recicle o seu preconceito e o transforme em respeito”, desenvolvida no âmbito das ações do “Cooperar para melhor coletar”. Seminários como este já aconteceram em Campina Grande e Lagoa Seca, municípios onde o projeto também atua.

Da Programação:

08h00 às 08h30 – Credenciamento
09h00 – Mesa de abertura: Projeto Cooperar para Melhor Coletar: apoio às Condições de Vida e Trabalho dos/as Catadores/as dos Municípios de Campina Grande, Lagoa Seca e Queimadas, do Estado da Paraíba.
10h00 – Mesa redonda: “Desafios para a inclusão socioeconômica dos/as catadores/as na política municipal de Gestão de resíduos sólidos”.
11h00 – Debate
11h30 – Lançamento da campanha “Recicle seu Preconceito e Transforme em Respeito”.
12h00 – Encerramento.

Da redação,
com Ascom/CENTRAC

0 comentários: