Damião Calafange pede demissão do cargo de secretário de Saúde de Lagoa Seca...

Agora é oficial. O jovem estudante de medicina Damião Calafange oficializou sua saída do comando da secretaria de Saúde de Lagoa Seca nesta quinta-feira, 05 de junho. Ele permanece no cargo até o próximo dia 30 de junho.

A notícia do afastamento do chefe da pasta já era esperada por alguns dos auxiliares da secretaria de Saúde e até mesmo pelo prefeito José Tadeu Sales de Luna (PSC), já que Damião já havia solicitado o desligamento da função no início do ano.

De forma polida e serena, o secretário justificou a saída dizendo que deverá se dedicar a projetos pessoais. "Estou saindo porque tenho projetos na área acadêmica e preciso me dedicar a outros planos, inclusive de assessoria" comentou. 

No entanto, nos bastidores da PMLS, a saída de Damião da Secretaria de Saúde estaria ligada a falta de estrutura de trabalho. O chefe da pasta não estaria aguentando as pressões feitas pela comunidade e pelos próprios funcionários da secretaria que questionam a carência de estrutura básica de trabalho e atendimento.

A falta de medicamentos, estrutura de transportes e até de material de expediente nos postos de saúde, hospital e órgãos ligados à pasta como o Caps, teriam desmotivado o auxiliar do prefeito Tadeu a permanecer no cargo.

Damião revelou que não vai sugerir nenhum nome para substituí-lo em Lagoa Seca. "Deixei o prefeito Tadeu muito a vontade. Não vou interferir nem sugerir nada. O cargo de secretário é político e de bastante confiança. Ele vai decidir", frisou.

Da redação,
com informações de Márcio Rangel

0 comentários: