Polícia civil identifica assassinato do comerciário José Zacarias. Dois envolvidos estão presos...

Na manhã ontem, quinta-feira, 29, Rafael Gonçalves de Brito foi detido por policiais civis enquanto dormia em sua casa, no bairro Monte Castelo. Conforme investigações da Polícia Civil ele está envolvido no latrocínio de José Zacarias da Silva, 64, morto no último dia 26. Além de Rafael, também está presa Thayná Dayane Veríssimo da Silva, 18 anos, que se entregou nesta quarta-feira, dia 28. Ela também está envolvida no caso.

De acordo com as autoridades policiais, o acusado teve participação no crime quando passou as informações para o casal que seguia o comerciário. Ele ainda confirmou o nome do homicida. Trata-se de Mateus Mendes Nascimento, o “Peleu”, que completou 18 anos no início de maio, mas continua foragido.

Na manhã desta sexta-feira, 30, os delegados Henry Fábio e Danilo Orengo - da Delegacia de Roubos e Furtos) - concederam entrevista coletiva sobre o desfecho do caso. Eles agradeceram a população, aos agentes de investigação e a imprensa. Para os delegados, o caso está devidamente elucidado.

“Inicialmente ele negou a participação, mas depois assumiu seu envolvimento. Em nenhum momento afirmou ter cogitado em matar a vítima. No entanto, foi ele quem convidou Thayná a acompanhar Mateus para realizar a abordagem em José Zacarias”, disse Henry Fábio.

Sobre o autor do homicídio, a polícia já localizou sua residência. No local, foram encontradas roupas, o boné e uma bolsa que ele (Mateus) usava na tarde do crime, conforme visto em gravações de câmaras de lojas próximas à casa lotérica, aonde aconteceu o homicídio. 

“Os pais  de Mateus Mendes Nascimento, o “Peleu” o reconheceram nas imagens”, disse Danilo Orengo.

A hipótese de uma quarta pessoa estar envolvida não está descartada. Alguém sabia que o funcionário sairia da loja com uma quantia para depositar.

Da redação

0 comentários: