Lagoa Seca celebra 50 anos de emancipação político-administrativa...



Nesta sábado, dia 04 de janeiro de 2014, o município de Lagoa Seca, celebra seus 50 anos de emancipação político-administrativa. Conhecida mundialmente como a cidade do artesanato em estopa e madeira, seus primeiros habitantes foram os índios Bultrins, da nação primitiva dos Cariris. De clima agradabilíssimo e verde abundante, está localizado na região do Agreste paraibano, no epicentro do Piemonte da Borborema. O município possui 2,13 km² de área urbana e 107,87 km² de área rural, totalizando uma área de 107,87 km².  Sua população é de aproximadamente 27 mil habitantes, ocupando a 18ª posição na Paraíba.  A densidade média da população é de 236,97 hab./km², a quinta maior do estado, sendo que uma boa parte ainda reside na zona rural. 

A antiga Vila de Lagoa Seca foi elevada à categoria de município pela lei estadual nº 3.133, de 04 de janeiro de 1964, de autoria do deputado estadual Manuel Barbosa. Sua instalação se deu no dia 29 de fevereiro de 1964, desmembrado-se definitivamente de Campina Grande, a maior cidade do interior do Nordeste. O atual município de Lagoa Seca que um dia foi elevado à categoria de Distrito da Paz, de Vila e de Cidade já foi chamado de Lama da Gata, Tarimba e Ipuarana. 

Imediatamente após sua emancipação política foi nomeado prefeito pelo então governador  da época, Pedro Moreno Gondim, o agropecuaristaManoel Pereira do Nascimento, que respondeu interinamente pelo município recém-criado de 26 de fevereiro a 30 de agosto de 1964. Devido a escassez de recursos pouco foi realizado durante esse período, mas, o primeiro gestor assumiu com muita responsabilidade e intrepidez os destinos do novo município, criando os alicerces para o que representa na atualidade a cidade de Lagoa Seca no cenário geo-político paraibano. Manoel Pereira faleceu no dia 08 de março de 2013.

O primeiro prefeito eleito foi Francisco Camilo de Oliveira, que ficou no exercício do cargo de 01 de novembro de 1964 a 01 de novembro de 1968. Na sua gestão construiu o edifício sede do Poder Executivo de Lagoa Seca. Ainda no seu governo criou a primeira escola pública da cidade, denominada Grupo Escolar Municipal Francisca Martiniano da Rocha. O atual gestor municipal é o empresário do ramo atacadista José Tadeu Sales de Luna, que está iniciando seu segundo ano de mandato.

Festividades

A comemoração da importante data do calendário municipal começou às 06h00 com uma alvorada festiva e repicar de sinos. A população foi despertada ao som da banda Ypuarana, que percorreu várias ruas da cidade, anunciando o jubileu de ouro e saudando a população lagoasequense. Na Praça Severino Cabral, às 08h30, aconteceu o hasteamento dos pavilhões do Município, da Paraíba e do Brasil, cujos hinos foram executados pela banda Ypuarana. Autoridades municipais acompanharam à cerimônia, que foi conduzida pelo prefeito José Tadeu e a vice-prefeita Eleuza Barbosa. 

Logo mais a noite, a partir das 19h00 a programação segue com a celebração de santa missa, na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, presidida pelo frei Francisco Gonçalves. Para encerrar a programação em comemoração aos 50 anos de emancipação política de Lagoa Seca acontecem, a partir das 21h00, na Praça da Matriz, shows com as bandas Forrozão Karkará, Diogo Cirne e AF Show. 

Mensagens dos ex-prefeitos de Lagoa Seca

Por ocasião do aniversário de emancipação político-administrativa, que se celebra neste sábado, 04 de janeiro de 2014, transcrevemos, a seguir, mensagens de ex-prefeitos de Lagoa Seca.

segundo prefeito eleito de Lagoa Seca, o senhor João Jerônimo da Costa, que governou o município de 31 de janeiro de 1969 a 31 de janeiro de 1973, fala da emoção de comemorar as bodas de ouro de Lagoa Seca.

"Alegro-me com esta data festiva, em que Lagoa Seca completa mais um aniversário de emancipação político-administrativa. Naturalmente, que esse ano tem um significado todo especial, pois é celebrado hoje seu jubileu de ouro. Orgulho-me de fazer parte dessa história. Parabéns a minha eterna cidade e ao seu povo".

João Jerônimo da Costa nasceu no dia 15 de dezembro de 1923. Estudou no Seminário Franciscano em João Pessoa. Antes de ser eleito prefeito de Lagoa foi vereador-presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, representando a Vila Lagoa Seca. Chegou a ser prefeito da cidade Rainha da Borborema, em virtude da cassação do mandato de Newton Vieira Rique, fato registrado em 15 de junho de 1964. Por decisão da justiça foi afastado do cargo em 30 de novembro do mesmo ano, voltando à presidência do legislativo municipal campinense e ao exercício do mandato de vereador, até o término da legislatura, em 31 de janeiro de 1969. 

terceiro prefeito constitucional de Lagoa Seca, o agropecuarista Francisco José de Oliveira Coutinho (Bola Coutinho), que administrou o município de 01 de março de 1973 a 01 de março de 1977 também fala da emoção de celebrar os 50 anos de emancipação política-administrativa.

"Festejar essa data é muito gratificante pra mim. Todos sabem do meu carinho e de minha verdadeira paixão por essa cidade e seu povo. Orgulho-me em ter contribuído com o seu desenvolvimento. Meu desejo é que Lagoa Seca continue com seu desenvolvimento crescente, criando oportunidade para seus filhos, mas, sobretudo, sendo protagonista de uma nova história para àqueles que desfrutarão dos seus bens no futuro".

Bola Coutinho governou Lagoa Seca ainda por mais três oportunidades: de 01 de janeiro de 01 de janeiro de 1983 a 01 de janeiro de 19-89; de 01 de janeiro de 1993 a 31 de dezembro de 1996; de 01 de janeiro de 2001 a 31 de dezembro de 2005.

quarto prefeito constitucional de Lagoa Seca, Pedro Jácome de Moura (Pedro do Pão), que governou o município de 02 de março de 1977 a 31 de dezembro de 1981, também expressa sua mensagem pela passagem de mais um ano de emancipação política da cidade.

"Celebrar os 50 anos de emancipação política de Lagoa Seca significa festejar meio século de lutas e conquistas, de um município que não se curva diante das dificuldades. Nosso povo, bravo e independente, continuará sendo artífices de um novo tempo e de uma nova história. Parabéns, cidade do meu coração".

sexto prefeito constitucional de Lagoa Seca, o médico Edvardo Herculano de Lima, que governou o município em seu primeiro mandato de 01 de janeiro de 1989 a 31 de dezembro de 1992, vem, de público, parabenizar sua terra natal.

"Nesta data, 04 de janeiro de 2014, como ex-prefeito deste município, festejo, com imensa alegria em meu coração, os 50 anos de emancipação política de minha terra querida. Plenamente segura na firmeza dos seus passos quanto ao futuro que almeja, ela segue em frente, cada vez mais bela, acolhedora, alvissareira e auspiciosa, mas, sobretudo, convicta das boas escolhas que o futuro lhe reservará. Parabéns Lagoa Seca, terra de homens e mulheres que lutam pelo seu desenvolvimento".

Na condição de décimo prefeito eleito, o médico Edvardo Herculano de Lima voltou a governar o município de Lagoa Seca de 01 de janeiro de 2005 a 31 de dezembro de 2008. Primeiro prefeito a se reeleger, prosseguiu governando o município (em seu terceiro mandato), de 01 de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2012.

Igualmente, o oitavo prefeito constitucional de Lagoa Seca, o também médico Gilvando Carneiro Leal, que governou o município de 01 de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2000, expressa sua mensagem pelas celebrações do jubileu de ouro.

"Parabenizo Lagoa Seca pelos seus 50 anos de independência política e administrativa. Para qualquer município, celebrar seu jubileu de ouro é indiscutivelmente um marco histórico. Em sendo assim, me junto a todos os lagoasequenses para celebrar essa magnânima data, certo de que novas conquistas e vitórias continuaremos a celebrar juntos. Parabéns terra querida".

Por fim, o décimo segundo e atual prefeito constitucional de Lagoa SecaJosé Tadeu Sales de Luna, que tomou posse no dia 01 de janeiro de 2013 para governar o município até o dia 31 de dezembro de 2017 expressa, com amor, sua mensagem, em comemoração ao jubileu de ouro.  
"Hoje, o Portal do Brejo comemora seus 50 anos de emancipação política. Para mim, de modo muito particular é motivo de honra estar à frente dos destinos dessa terra que foi filha de Campina Grande, tornando-se a menina do Brejo. Outrossim, o destino nos reservou o dia 04 de janeiro para, juntos festejarmos e brindarmos a mais bela e a mais querida cidade do mundo, Lagoa Seca, a antiga Vila de Ipuarana, terra de um povo ordeiro e trabalhador, que se tornou gigante e orgulho da gente. 

Meus queridos: 50 anos são passados e estamos aqui, na condição de uma das mais belas cidades do compartimento da Borborema, Hoje é dia de louvar a todos - homem simples, do campo, a dona de casa, a criança, o jovem e o idoso, que constroem a cada dia Lagoa Seca. Louvemos em glória e agradecimentos a Deus a esta cidade que todos nós estamos ajudando a construir. Parabéns a esta terra abençoada e privilegiada".

Nós, que fazemos o Blog Lagoa Seca em Foco, parabenizamos a cidade, pelos seus 50 anos de história, lutas e vitórias!

Da redação

0 comentários: