Bodas de Ouro: Lagoa Seca celebra 50 anos de emancipação política e administrativa neste sábado...


Faltam apenas 3 dias para Lagoa Seca completar 50 anos de sua emancipação política e administrativa. A comemoração desse grande momento será celebrado no dia 04 de janeiro de 2014. O município está localizado na região metropolitana de Campina Grande, Mesorregião do Agreste paraibano, distante 129 km da capital João Pessoa. Com uma área total de 107,9 km², representando 0.1937% do Estado, 0.007% da Região e 0.0013% de todo o território brasileiro, o município se limita a outros da região: Campina Grande, Massaranduba, Matinhas, São Sebastião de Lagoa de Roça, Montadas, Puxinanã e Esperança. Sua população se aproxima a quase 29 mil habitantes. 

Seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0.612, segundo o Atlas de Desenvolvimento Humano-PNUD (2000).

Aspectos Fisiográficos


O município de Lagoa Seca está inserido na unidade geoambiental doPlanalto da Borborema, formada por maciços e outeiros altos, com altitude variando entre 650 a 1.000 metros. Ocupa uma área de arco que se estende do sul de Alagoas até o Rio Grande do Norte. O relevo é geralmente movimentado, com vales profundos e estreitos dissecados. Com respeito à fertilidade dos solos é bastante variada, com certa predominância de média para alta. 

A área da unidade é recortada por rios perenes, porém de pequena vazão e o potencial de água subterrânea é baixo. A vegetação desta unidade é formada por florestas subcaducifólica e caducifólica, próprias das áreas agrestes.

O clima é do tipo tropical úmido-chuvoso, com verão seco. A estação chuvosa se inicia em janeiro/fevereiro com término em setembro, podendo se adiantar até outubro. Sua temperatura média anual fica em torno de 22°C, no verão, de dezembro a março, atingindo a média de 25º C e média das máximas diárias próximas de 28º C, sendo as máximas absolutas superiores a 33º C. O inverno é ameno com temperatura média do período em torno de 20,3º C, a média das mínimas diárias é cerca de 17,0º C e média das máximas de 24,9º C.

Nas superfícies suave onduladas a onduladas, ocorrem os planossolos, medianamente profundos, fortemente drenados, ácidos a moderadamente ácidos e fertilidade natural média e ainda os podzólicos, que são profundos, textura argilosa, e fertilidade natural média a alta. Nas elevações ocorrem os solos litólicos, rasos, textura argilosa e fertilidade natural média. Nos vales dos rios e riachos, ocorrem os planossolos, medianamente profundos, imperfeitamente drenados, textura média/argilosa, moderadamente ácidos, fertilidade natural alta e problemas de sais. Ocorrem ainda afloramentos de rochas.

Alterações toponímicas distritais 

Em 1979: Praça XV, obra construída em comemoração aos 15 anos de Emancipação Política de Lagoa Seca, durante o governo do prefeito Pedro Jácome.
Em divisões territoriais datadas de 31 de dezembro de 1936 e 31 de dezembro de 1937, figura no município de Campina Grande o distrito de Lagoa Seca.  Pelo decreto-lei estadual nº 1.164, de 15 de novembro de 1938, o distrito de Lagoa Seca passou a denominar-se Ipauarana. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito já denominado Ipauarana, figura no município de Campina Grande. Pela lei estadual nº 166, de 05 de novembro de 1948, o distrito de Ipauarana voltou a denominar-se Lagoa Seca. Em divisão territorial datada de 01 de janeiro de 1950, o distrito de Lagoa Seca, ex-Ipauarana, figura no município de Campina Grande, permanecendo em divisão territorial datada de 01 de julho de 1960. 

Formação Administrativa 

Foi elevado à categoria de município pela lei estadual nº 3.133, de 04 de janeiro de 1964, desmembrado-se de Campina Grande com a denominação de Lagoa Seca. Sua instação se deu no dia 29 de fevereiro de 1964. Em divisão territorial datada de 31 de dezembro de 1968, o município é constituído do distrito sede, permanecendo em divisão territorial datada de 2007. Atualmente, o município possui os seguintes distritos: Chã do Marinho, Floriano, São Pedro (Campinote), Alvinho e Jenipapo, aonde residem a grande maioria da população.

Gestores Municipais

Desde a sua emancipação política,  o município de Lagoa Seca vem, de forma democrática, elegendo seus representantes, os quais, ao longo de quase meio século, continuam realizando ações para transformar a cidade num lugar ainda melhor para se viver.

Com sua autonomia política e administrativa adquirida quando ainda dirigia o Estado o governador Pedro Moreno Gondin, Lagoa Seca vem experimentando em sua história a capacidade de gerir seu destino, com a mesma força do seu povo, elegendo seus representantes,  legislando sobre assuntos de interesse local e prestando uma série de serviços diretos para o bem estar dos seus habitantes.

A seguir, conheça àqueles que já governaram o município de Lagoa Seca dando sua parcela de contribuição ao seu desenvolvimento e afirmação no contexto geo-político do Estado como uma das cidades mais importantes da Paraíba:

Prefeito Interino: Manoel Pereira do Nascimento - De 26-02-64 a 30-08-64;
1º Prefeito eleito: Francisco Camilo de Oliveira - De 01-11-64 a 01-11-68;
1º Vice Prefeito eleito: José Cavalcante de Araújo - De 01-11-64 a 01-11-68;
2º Prefeito eleito: João Jerônimo da Costa - De 31-01-69 a 31-01-73;
3º Prefeito eleito: Francisco José de Oliveira Coutinho - De 01-03-73 a 01-03-77;
4º Prefeito eleito: Pedro Jácome de Moura - De 02-03-1977 a 31-12-1981;
5º Prefeito eleito: Francisco José de Oliveira Coutinho - De 01-01-83 a 01-01-89; 
6º Prefeito eleito: Edvardo Herculano de Lima - De 01-01-89 a 31-12-92;
7º Prefeito eleito: Francisco José de Oliveira Coutinho -  De 01-01-93 a 31-12-96;
8º Prefeito eleito: Gilvando Carneiro Leal - De 01-01-97 a 31-12-2000;
9º Prefeito eleito: Francisco José de Oliveira Coutinho - De 01-01-2001 a 31-12-2005;
10º Prefeito eleito: Edvardo Herculano de Lima - De 01-01-2005 a 31-12-2008;
11º Prefeito eleito: Edvardo Herculano de Lima - De 01-01-2009 a 31-12-2012.

Atualmente, o município de Lagoa Seca tem como o 12º  prefeito constitucional, José Tadeu Sales de Luna, que assumiu o cargo no dia 1º de janeiro. Seu mandato finda no dia 31 de dezembro de 2017.

Poder Legislativo de Lagoa Seca

Composição da Câmara de Vereadores por partidos:

Edvaldo Nasciemtno (PT);  Nelson Anacleto (PT);  Ednaldo Araújo (PSC); Maycon Diego (PMDB);  Vei de Bola (PMDB);  Tetê de Afonso (DEM);  Reginaldo da Chã (PSDB); Iran Stênio (PRP);  Djalma (PSD);  Antônio de Chica (PSD) e Zezito do Cumbe (PSD). 

Da redação

0 comentários: