Projeto Cine Rural encanta pessoas em Lagoa Seca


Continua com imenso sucesso o projeto criado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo da Prefeitura Municipal de Lagoa Seca intitulado Cine Rural - Cinema, Poesia e Pipoca. Suas atividades tiveram início no dia 05 de novembro (Dia Nacional da Cultura) e já percorreu vários locais, como a Casa da Cultura Dona Paulina Diniz e Praça do Morro, na cidade. Na zona rural, o projeto já alcançou diversas crianças e jovens - seu público alvo - nas comunidades do Oiti  e Cidade Juracy Palhano.

Para Ulisses Santos, diretor do Departamento de Cultura, o projeto Cine Rural já é considerado um grande sucesso. “Pessoas de todas as idades assistem aos filmes nos bairros e nas comunidades da zona na rural com muita satisfação. Crianças, jovem e adultos, muitas que nunca foram ao cinema, ficam maravilhadas com os filmes exibidos gratuitamente e bem pertinho de casa", ressalta.

Outras atividades desenvolvidas como política pública na área cultural pela secretaria constam os projetos Cultura na Praça e Tapete Mágico. A Casa de Cultura Paulina Diniz, recentemente inaugurada já tem algumas atividades agendadas. Outros projetos em andamento estão Música de Câmara na Câmara, instalação da Biblioteca Pública Municipal e a Cinemateca. 

Segundo Josafá de Orós, um dos idealizadores dos projetos, todas essas atividades vêm tendo uma grande receptividade pelo público. "Onde chegamos, todos vibram com as apresentações culturais de grupos e artistas locais, bem como dos filmes já exibidos. Levar cultura ao encontro do povo é promover também cidadania, disseminando valores e despertando em cada um o interesse pelo que existe de melhor em nossa comunidade", ressalta o ativista cultural.

Para o músico e produtor cultural, Luzildo Queiroz, fomentar a diversidade cultural de Lagoa Seca gera auto-estima, além de despertar princípios de coletividade e expressões de liberdade e criatividade em todos nós. "Parabéns a equipe técnica da secretaria de Cultura que tem percebido e apoiado todos os tipos de manifestações culturais em nosso município", finaliza.

Por Hélder Loureiro

0 comentários: