Ônibus que transportava trabalhadores da Alpargatas em assaltado na zona rural de Lagoa Seca


Um ônibus locado a Alpargatas - indústria de calçados -, seguia na manhã desta sexta-feira, 29, na avenina Manuel Tavares, no bairro Alto Branco quando, por volta das 06h30, um homem fardado com roupa da empresa pediu parada ao condutor do veículo. Ao entrar, de imediato anunciou o assalto e rendeu o motorista que seguia com cerca de 30 funcionários de Lagoa Seca, Alagoa Nova e Lagoa de Roça.

Segundo informações de alguns trabalhadores, ao invés de seguir pela BR 104 Norte, o ladrão mudou a rota e o ônibus contornou em direção ao bairro das Nações, com destino ao Vale do Jatobá, zona rural do de Lagoa Seca, município localizado na região metropolitana de Campina Grande, Agreste paraibano. Ao chegar no local, mais três criminosos entraram no veículo e fizeram um verdadeiro 'arrastão'. Os ladrões fortemente armados, além de roubar muitos pertences e dinheiro, ainda ironizaram os operários: "passem o décimo terceiro salário de vocês agora". Os bandidos sabiam que os industriários haviam recebido os vencimentos na tarde desta quinta-feira, 28. Sem demonstrar nenhuma reação, todos entregaram seus vencimentos.

Para aterrorizar a todos, os bandidos atiraram ainda contra o veículo. Um dos trabalhadores da Alpargatas, natural de Alagoa Nova, que estava no interior do ônibus acabou sendo atingido com um tiro no pé. A vítima passa bem, mas continua emocionalmente abalada.

Os assaltantes pegaram rota de fuga desconhecida e até agora não foram capturados pelas forças policiais, que continuam fazendo diligências em toda região.

Da Redação,
com Márcio Rangel

0 comentários: