Professora de Lagoa Seca é vencedora no "Prêmio Professores do Brasil"


Com o projeto intitulado "Viajando no Mundo dos Livros", a professora Edjane Oliveira Gusmão, do 2º ano do ensino fundamental, da Escola Municipal José André da Rocha, localizada no sítio Jenipapo, zona rural de Lagoa Seca, foi a grande vencedora no Prêmio “Professores do Brasil”. 

Segundo a secretária de educação, Joelma Rocha, desde o início da gestão a Secretaria de Educação vem incentivando e apoiando os professores a desenvolverem projetos visando a melhoria da qualidade do processo de ensino aprendizagem. 

O prefeito José Tadeu, não escondeu o orgulho que sentiu ao saber da conquista que é do município e parabenizou a professora pela brilhante premiação. “Só temos a nos alegrar, afinal, nossa gestão tem como objetivo fomentar estas práticas que fortalecem a nossa educação. O prêmio que ela recebe é também da gestão e de nosso município e só temos que parabenizá-la pelo brilhante trabalho que vem sendo realizado com nossas crianças”, afirmou.

A sétima edição do Prêmio Professores do Brasil recebeu esse ano 3.221 relatos de experiências de educadores que trabalham em escolas da educação básica pública nas 27 unidades da Federação. Esses relatos foram avaliados por uma comissão nacional composta pelo Ministério da Educação. Entre os trabalhos, 40 serão premiados com R$ 6 mil, em dinheiro, para cada professor, independente da categoria em que tenha concorrido, além de troféu e certificado. Há ainda um prêmio extra de R$ 5 mil que será entregue a oito educadores, um em cada subcategoria: educação infantil, anos iniciais do ensino fundamental, anos finais do ensino fundamental, ensino médio, educação integral e integrada, ciências para os anos iniciais, alfabetização, educação digital articulada ao desenvolvimento do currículo. O encontro com os vencedores e a entrega dos prêmios será no dia 12 de dezembro, às 10h00, no Teatro Brasil 21, em Brasília.

Sobre o Prêmio

Prêmio Professores do Brasil é uma iniciativa do Ministério da Educação, promovido juntamente com as instituições parceiras. O Prêmio foi instituído em 2005, por meio da Secretaria de Educação Básica (SEB), e tem como objetivo reconhecer o mérito de professores das redes públicas de ensino, pela contribuição dada para a melhoria da qualidade da educação básica, por meio de experiências pedagógicas bem-sucedidas, criativas e inovadoras.

O concurso consiste na seleção e premiação das melhores experiências pedagógicas desenvolvidas ou em desenvolvimento por professores das escolas públicas, em todas as etapas da educação básica e que, comprovadamente, tenham sido ou estejam sendo exitosas no enfrentamento de situações-problema, considerando as diretrizes propostas no Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação.

Da Redação,
com Ascom/PMLS

0 comentários: