Dia de Finados movimeta cemitérios de Lagoa Seca


Um fim de semana para lembrar os mortos com orações e homenagens. Neste sábado (02), quando se celebra o Dia de Finados, milhares de pessoas visitaram os campos santos públicos de Lagoa Seca: Campinote, Genipapo e Oiti, localizados na zona rural, foram os endereços certos para os famliares e amigos daqueles que já morreram, reveranciá-los. Flores levadas pelos parentes dos entes já falecidos enfeitaram os cemitérios, tornando o ambiente mais alegre. O maior do município, no bairro Bela Vista, foi bastante movimentado, apesar de uma leve chuva que caiu durante quase todo o dia. 

A visitação nos cemitérios de Lagoa Seca também movimentou o comércio de flores. Muita gente aproveitou o dia para lucrar. Próximo ao cemitério da cidade, na rua Frei Clementino, vários pontos de venda de flores e velas foram instalados. Segundo os vendedores, o crisântemo foi o mais procurado.

Na programação, várias celebrações religiosas aconteceram, entre cultos e missas, conforme manda a tradição para a data. 

Por causa do Dia de Finados, a secretaria de Infrestrutura de Lagoa Seca realizou um esquema especial de serviços em todos os cemitérios públicos do município e também nas principais vias de acesso até os locais. A ação incluiu trabalhos de limpeza, coleta de lixo, capinação, varrição, roçagem, pintura de meio fio, revisão nas instalações elétricas e recolhimento de podas.

O túmulo do pequeno Lucas Araújo da Silva, de 12 anos, morto com dois tiros nas costas numa tentiva de assalto na madrugada do dia 24 de outubro, quando bandidos tentaram roubar a moto do seu pai, Paulo da Silva, foi um dos mais visitados.

Origem do Dia de Finados

Essa tradição religiosa se iniciou por volta do ano de 998, quando um abade do mosteiro de Cluny, na França, ordenou que os monges orassem pelos mortos, especialmente por aqueles de quem ninguém lembrava mais.

A oração virou uma tradição, que foi ficando cada vez mais popular. Até que, no século 13, esse dia de celebração passou a ser 2 de novembro, dia seguinte ao Dia de Todos os Santos.

Em todo o mundo, o Dia de Finados, ou Dia dos Mortos, é comemorado. E cada país tem a sua forma de celebrá-lo.

Por Hélder Loureiro

0 comentários: