Acidente entre ônibus e caminhão na BR-230 deixa dois mortos e vários feridos. Dois lagoasequenses estavam entre as vítimas


A violência nas estradas continua fazendo vítimas na Paraíba e aumentando a triste estatística da morte. Na noite desta sexta-feira (08), na BR-230, entre os municípios de Soledade e Campina Grande, um grave acidente envolvendo um ônibus e um caminhão baú, resultou em uma morte e vários feridos. Cinco veículos se envolveram no acidente, congestionando a rodovia federal, que ficou com um engarrafamento de quase cinco quilômetros.

Segundo relatos de policiais rodoviários federais, um ônibus que conduzia um grupo de jovens de Campina Grande com destino à cidade de Patos, aonde participariam de uma romaria, colidiu de frente com um caminhão da empresa atacadista Rio do Peixe, que tem sede em Cajazeiras, no Alto Sertão da Paraíba. O acidente envolveu ainda mais dois veículos pequenos e uma camionete F 4000, com placa de Soledade. O impacto foi tão forte que essa camionete saiu da pista, por cerca de 200 metros.

Ambulâncias do Samu e do Corpo de Bombeiros socorreram as vítimas. Elas foram levadas para o Hospital de Trauma de Campina Grande. O motorista do ônibus, com graves lesões nas pernas segue internado e seu estado de saúde é grave. Já o motorista do caminhão faleceu no local. Passageiros do ônibus e dos veículos sofreram apenas escoriações. Dez pessoas deram entrada no Hospital de Trauma de Campina Grande com ferimentos leves, entre eles dois lagoasequenes que estavam no ônibus. 

A Polícia Rodoviária Federal acredita que, provavelmente, o acidente foi causado por uma ultrapassagem indevida. As primeiras informações foram de que o motorista do ônibus de turismo, teria feito uma manobra na contramão e colidido de frente com o caminhão.

Segundo testemunhas, um comboio de três caminhões do Atacadão Rio do Peixe estava voltando do Sertão para Campina Grande. Segundo um dos motoristas da empresa, o caminhão que vinha na frente conseguiu evitar de bater do ônibus, porém, o segundo, que era conduzido por Alexandre Nóbrega, de 35 anos, não teve a mesma sorte e colidiu de frente com o ônibus. 

Vítimas de Lagoa Seca

Sem maior gravidade, dois moradores da cidade de Lagoa Seca estavam no ônibus que acabou se envolvendo no acidente. A estudante Renata Souto, de 25 anos e o músico Tiago Pequeno Alves, de 24, seguiam para participar  da romaria na cidade de Patos, quando a tragédia aconteceu.

Renata não sofreu nenhum ferimento, mas Tiago foi atingido no impacto e ficou ferido com uma escoriação no joelho. Socorrido para o Hospital de Traumas em Campina Grande recebeu os procedimentos médicos foi liberado na madrugada do sábado.

Através das redes sociais, eles agradeceram a Deus o livramento e também se emocionaram com a solidariedade dos amigos.

Por Hélder Loureiro

0 comentários: